domingo, 27 de agosto de 2017

SAUDADE...


Hoje bateu saudade de você, sei lá, foi meio de repente, numa hora qualquer do trabalho, bateu saudade do seu sorriso, do seu olhar que me encara diferente, deu saudade de quando sobrava história e não tinha espaço pra ir... hoje deu muita saudade.

Hoje eu  não queria o saudosismo, não era parte do meu plano, mas nem plano eu tinha, foi um acaso e estou aqui, cabeça encostada no parapeito da janela fechada observando o céu escurecer.
Hoje deu saudade, daquela que faz o peito apanhar, sangrar sem curativo que salve, deu saudade da mágica que era cada momento contigo e do excesso de dramaticidade que você fazia questão de carregar, doeu mais do que eu previa.

Hoje foi estranho, uma divisão meio inexata de sentimentos, mais pra lá do que pra cá, e eu fiquei bem no meio do furacão, tentando me manter em equilíbrio quando tava tudo balançando quase caindo no chão.

Hoje eu não queria a saudade, mas a danada deu um jeito de se infiltrar, veio de paraquedas porque queria se aconchegar num espacinho quente e solícito, eu devo ter parecido um outdoor a vista dela, tão sentimental e caricata, o refém perfeito, eu sei, mas não queria ser eu.
Hoje bateu saudade da cor do céu que parecia tão diferente quando tinha nós e da suavidade das nuvens que faziam desenhos abstratos e a gente tentava decifrar, eu decifrava mais você e nem sei se cheguei um dia a te conhecer de fato. Hoje foi saudade, amanhã talvez nem seja mais...

12 comentários :

  1. Existem sempre esses momentos em que a saudade bate à porta que nem uma louca. Teremos de aprender a lidar com isso até ao fim das nossas vidas, nas mais diversas situações.

    Amei o texto!

    Beijo *

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Patrícia,temos que aprender a lidar :)
      Que bom que gostou :D
      Beijos ^.^

      Excluir
  2. Como evitar momentos assim? Infelizmente não dá... a saudade as vezes invade de tal forma que não tem como fugir dela. Lindo texto! Me bateu saudade aqui também, mas não de alguém específico e sim de um tempo onde tudo eram flores.

    Beijos

    Vivian
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente,a saudade resolve aparecer nos momentos mais inesperados,que bom que gostou :D
      Beijos ^.^

      Excluir
  3. Oi Jennyfer tudo bem? saudade é um coisa triste, nostálgica e ás vezes gostosa... lindo o seu texto, adorei!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi,tudo sim e vc?
      Pois é,a saudade pode ser algo extremamente bom ou ruim,vai depender de como nós estamos no momento em que ela chega.
      Que bom que gostou :D
      Beijos ^.^

      Excluir
  4. Oie Jennyfer =)

    Saudades é certeza de que vivemos momentos únicos, mesmo que esses tenha sido dolorosos, eles ainda sim fazem parte daquilo que somos.


    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Ariane :D
      Verdade,a saudade pode doer,mas mostra o que valeu a pena :)
      Beijos ^.^

      Excluir
  5. Oi, Jenny

    Menina, parece até uma coisa, mas desde sábado estou super saudosa. Meu namorado não é daqui e faz um bom tempo que não o vejo, então estou super sentimental. Fiquei até meio emocionada lendo seu texto! :(

    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Tami :D
      Tenho certeza que logo logo você irá ver seu namorado e toda essa espera terá valido a pena viu <3
      Beijos ^.^

      Excluir
  6. Que texto mais lindo!!!!
    Traduziu exatamente o sentimento de saudade
    Parabéns mesmo!
    Grande abraço

    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    ResponderExcluir
  7. Olá! Que texto lindo! Parabéns pela escrita.
    Beijos
    5 O'clock Tea

    ResponderExcluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥