10 maio 2017

TEXTO | ADMIRANDO A LUA





Depois daquela briga, depois que eu parei de te responder e não me importava mais quantas vezes você estaria me ligando no meio da noite, eu segui o meu dia. Entrei no chuveiro, e transbordei, eu chorei todo o restante ainda chorável dentro de mim. Por saber que dessa vez você não vai me mandar mensagem de desculpas às 3:00 da manhã. Senti a água gelada cobrir meu corpo, e eu ainda era mais fria que ela. Eu sou um risco para o mundo, Louco, é quem arrisca em mim. E que não desistiu diante de tantas oportunidades,
 Eu deixei tudo que ainda restava de você em mim, cair pelo ralo, e desaparecer. Suspirei fundo e saí.

 Sem nenhuma intenção coloquei aquele pijama de bolinhas amarelas que você adorava, ainda tinha o seu perfume fixado nele, e dentro da minha alma ainda tinha um pouco de você. Apaguei todas as luzes e deitei na cama, fechei os olhos, e não consegui dormir se quer um segundo. Ainda estava na esperança daquela sua mensagem de desculpas. Você sempre soube que a minha ficha para a realidade demora muito tempo pra cair, isso, quando cai.

 Eu lembrei de uma manhã que acabamos nos esbarrando na sala e você pegou a minha mão e me girou como se estivéssemos em uma dança de salão. Lembrei de quando estávamos assistindo um filme naquela noite e no meio do filme você congelou por alguns segundos, e quando te perguntei oque estava fazendo, sua resposta foi curta e clara: "Estou te admirando". Eu me senti a mulher mais encantadora do mundo. Ou do seu mundo, eu acho. Lembrei daquele dia em que fomos no cinema no seu aniversário e você escolheu um filme de zumbis, e eu nem fazia ideia do tanto de sustos que eu levaria naquele filme, e eu ria sem parar por nervosismo enquanto ria da minha risada ao meu lado e, eu vi o quanto precisava de você para toda a minha vida.

 Vi algumas gotas de água salgada molhando o meu travesseiro, eu acreditei que minhas lágrimas realmente tivessem acabado. Levantei da cama e abri a janela, sentei no chão na frente dela e fiquei por horas admirando a lua, como se a sua luz dela me abraçasse e me dissesse que está tudo bem, ela me acalma e leva a minha dor.

 Não sei se te contei mas, aquele anel que usávamos ainda está no meu dedo, porque eu sinto que tudo ainda ficará bem, mesmo que não seja com você ao meu lado. Saiba que eu ainda vou levantar desse chão frio e vou juntar todos os meus 50 mil pedaços que você fez questão de quebrar. Mas não agora, talvez quando o céu cair todo em cima de nós, enquanto eu estou aqui, admirando a lua.

5 comentários:

  1. Minha linda que texto é esse? Terminei com um "cisco no olho".
    Me vi nesse texto há um tempo atrás e demorei muito para me recuperar, mas um dia passa, uma hora conseguimos superar.
    Amei <3
    Beijocas.

    www.meumundosecreto.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa ! Nesses momentos tão complicados a gente fica tão frágil não é, como se fossemos quebrar a qualquer momento, como se não existissem finais felizes. Mas eu acredito que a vida sempre vai te fazer feliz de alguma forma, e mesmo que seja impossível, devemos olhar os lados bons ♥

      Beijos Vanessa ♥

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Gi, que coisa mais lindinha esse texto. Me fez lembrar um término de relacionamento meu. Que demorou demais para cair a ficha, para perceber e entender que a pessoa não estaria mais ao meu lado. Entrar no chuveiro (mas com água morna/quente) e deixar as lágrimas caírem, até pensar ter secado. Mas ao deitar a cabeça no travesseiro, perceber que elas eram infinitas ainda. Ficar olhando pra lua e lembrando das promessas de que sempre que a saudade batesse forte, não importa onde estivéssemos, se brigados ou de bem, olharíamos para ela e saberíamos que em algum lugar, o outro estaria fazendo o mesmo.

    Hoje eu já superei, já entendi e já não sinto falta. Mas recordo muito de tudo que passou e ainda sinto falta algumas vezes.

    Beijos,
    Última postagemBlog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gaby ! é muito bom te ver por aqui moça ! haha. Esses são aqueles momentos mais difíceis da vida, eles podem nos mudar. Acredito que esses tempos são como furacões, que chegam de surpresa, sem nem avisar, e fazem da nossa vida um enorme caos, mas eu acredito que até mesmo em furacões, devemos enxergar as flores ♥

      Beijos Gaby ♥

      Excluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥