18 abril 2017

TEXTO | ME DESAFIEI A ESQUECER ALGUÉM

 Acordei, e me virei para o outro lado sabendo que não depararia com um sorrisinho torto e um olhar fascinante me desejando "bom dia". Foi como sentir cacos de vidro brincando de pular corda dentro de mim. Levantei da cama, evitei ao máximo não pensar em absolutamente NADA, desafiei a mim mesma, sobreviver a esse dia.
Tomei um café bem forte e fui direto para a sala, me sentei no sofá vermelho e gelado que você escolheu em meio a uma viagem para fora da cidade, é, foi meio desafiador trazer este sofá nos fundos da antiga caminhonete barulhenta.
Vi a nova e rabugenta vizinha correndo desesperadamente para recolher as camisolas de bolinhas do varal porque se iniciava um temporal daqueles, com nuvens cinzentas dançando pelos céus, pareciam estar felizes, mas deixaram as gotas de chuva cair como lágrimas. É talvez nem tudo que aparenta estar feliz, quer dizer que realmente esteja feliz, talvez, seja apenas uma cortina fechada para esconder dias cinzentos.
 Como é possível? Uma pessoa necessitar tanto de outra como um dependente químico que necessita sustentar o seu vicio, se não ele não consegue viver.
Olhei para o lado, e, pensei em todas as bagunças e danos que causamos nesse mundo, era eu e você, e mais ninguém. De quando você deitava ao meu lado no sofá e apoiava a cabeça no meu colo, falávamos do nosso futuro como gente grande, em sonhos enlouquecedores, e em quantas marcas iriamos deixar no mundo. Eu nunca havia amado ninguém assim. Eu te amei de verdade.
 Vi que, ficar me lamentando por horas e horas no sofá, não iria dar em nada. então resolvi sair de casa e tentar assassinar essa angústia que me faz pensar em você, sair pra correr ou talvez ver um pouco de gente feliz.  Afinal, já estava no meu limite, aponto de transbordar, os passarinhos cantavam alegremente, parecia estar tudo calmo e tranquilo para as pessoas ao meu redor, mas acontecia uma guerra dentro de mim. Me encontrava no fim, o fim de tudo, não havia mais cor, alegria, felicidades, sentimento, não havia mais vida para viver. Afinal, oque eu ainda estou fazendo aqui? É uma boa pergunta.
 Mas, a vida, é pra ser vivida, e eu só tenho uma, acredito que se eu não fazer tudo oque eu sonho em fazer, talvez nunca mais terei a chance de tentar novamente.
 Então sem qualquer motivo, sem pensar duas vezes, eu sorri. Um sorrisinho torto e talvez sincero. Saí pra correr, fiz algumas compras, lancei um ou outro " Bom Dia ", E até tomei alguns Drinques, dancei, e acredito que pela primeira vez cheguei em casa no outro dia de manhã, com algumas garrafas de Whisky na mão e uma gargalhada daquelas que saem de lá da alma, vi o sol nascer. Foi como se tudo fosse mais bonito, senti meu coração batendo novamente.

6 comentários:

  1. É bem assim mesmo, quando resolvemos colocar pra fora toda tristeza, angústia e decepções. Quando resolvemos ser feliz, a gargalhada fica fácil, dar bom dia é simples e faz bem. As coisas simples, são imensamente gratificantes. Lembro bem e ainda vivo essa liberdade de sentimentos ruins. Amei o texto!

    Beijos,
    Última postagemBlog Gaby DahmerFanpage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Gaby ! Acredito que nós sempre devemos superar oque quer que seja, sorrir e seguir em frente, como um recomeço, devemos nos obrigar a ser feliz, e contagiar às pessoas que precisam de só um simples bom dia para o dia ficar lindo ♥

      Beijos Moça ♥

      Excluir
  2. Preciso confessar,quando a Cami me contou do seu talento eu fiquei esperando algo,mas você me surpreendeu,e muito, cada texto seu que eu leio é melhor que o outro,e sinto que,de um jeito ou de outro eles acabam me representando,esquecer alguém não é nada fácil,mas quando o coração entende que é isso que você precisava fazer acaba acontecendo.Amei ♥
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jenny ! Que Bom ouvir isso rs ! Muito Obrigada ♥ Acredito que a pior parte de amar, é aceitar que teve um fim, aceitar que foi incrível, mas que agora é só lembrança. O melhor a se fazer é sempre sorrir e viver como nunca antes ♥

      Beijos Jenny ♥

      Excluir
  3. Olá, tudo bem? Lindo demais esse texto, sem mais... Amei!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lari ! Fico Muito feliz que gostou ! Espero te ver aqui mais vezes viu ? ♥

      Haha, Beijos Lari ♥

      Excluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥