15 abril 2017

ANSIEDADE NÃO É FRESCURA


Já ouvi por aí que eu era cheia de "frescura", que ficava criando coisa por nada, que eu estava ociosa por isso ficava assim, mas ninguém sabe o que é sentir o coração desmoronando por dentro sem poder fazer nada.
É como uma companhia constante nos pensamentos, a ideia de que eu não era suficiente, que tudo iria dar errado no momento em que eu tentasse, que a vida, essa doce vida, não sorria para mim como sorri para os outros, e então, eu me enterrava na cama sob a proteção dos cobertores, porque parecia que lá ninguém poderia me atingir.

Não era só com as provas, ou aquele primeiro encontro, não era só com a ideia de sair da minha zona de conforto, era tudo, e eu me isolava ouvindo que era uma boba, que só estava querendo chamar atenção, que a gente escolhe o que vai nos afetar, e ninguém entendia que eu era como uma bomba relógio e o tic taque do cronômetro me tirava do eixo, eu estava me esvaindo aos poucos e ninguém percebeu.
Eu já chorei em silêncio milhares de vezes, e me escondi de todo mundo que me amava porque o medo de não conseguir retribuir esse amor era grande, eu passei noites em claro tentando esquecer essa dor e angústia que eu nem sei de onde veio, e o peso que eu carreguei durante um bom tempo me fez envelhecer tão depressa, tão sorrateiramente, que não houveram rugas, mas um cansaço na alma.

O que posso lhe dizer para tentar te confortar nesse momento é que você nunca estará sozinho, por mais que essa sensação de solidão permaneça, ainda haverá alguém que ama seu sorriso e só quer vê-lo em seu rosto, e que essa dor e angústia vão passar em algum momento, não sei quando, não posso te prometer que será cedo, mas garanto que passará e quando sentir que a vida lhe sorri você vai descobrir que a melhor parte ainda está por vir, então não desista, seja por mim, seja por você.
Olha, eu não tenho muita vivência, sou nova demais, mas, sei que a ansiedade não é frescura, que ela machuca e corrói por dentro, que destrói seus sonhos, que pisa em você até não sobrar mais nada, e eu também sei que ela não vai durar para sempre, busque ajuda, grite se for preciso, ninguém merece passar por isso reprimindo tudo, você é mais do que isso, você merece ser feliz.

11 comentários:

  1. Tenho transtorno de ansiedade diagnosticado e aprendi que o primeiro passo é entender que isso NÃO é coisa "da minha cabeça" e que eu preciso ir devagar nas coisas. Queria que mais pessoas entendessem que não é frescura....

    xox
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como é Clarissa,sofri com uma pequena crise de ansiedade,que já foi resolvida,mas vi como as pessoas sofrem :/
      Espero que todos possam entender que transtorno de ansiedade não é uma brincadeira,muito menos "frescura" é algo bem sério.
      Obrigada pela visita <3
      Beijos ^.^

      Excluir
  2. Oie
    Adorei o texto e me identifiquei. Tenho ansiedade e isso é horrível, sofro por antecipação, passo mal, fico nervosa e ansiosa por qualquer coisa, e é horrível quando sinto coração disparado, só quem tem sabe como é e não é fácil lidar com isso.

    Uma feliz páscoa.
    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Nessa :)
      Exatamente Nessa,eu tive em um nível muito menor,mas imagino que se já foi difícil para mim,imagina pra quem tem o transtorno :/
      Feliz Páscoa minha flor,obrigada pela visita <3
      Beijos ^.^

      Excluir
  3. Oi :)
    Obrigada por ter escrito esse texto.
    Sofro com a ansiedade, há umas semanas atrás tive uma crise no serviço e comecei a chorar desesperadamente e sem parar na frente de todo mundo, fora as dores. Foi muito ruim, sinto tudo isso que foi descrito no texto, me sinto muito frustrada com muitas coisas que não acontecem na minha vida. Só que pra acontecerem depende apenas e exclusivamente de mim, então tenho que ter forças pra sair da zona de conforto e fazer por onde pra obter os resultados.

    Beijos
    Mundo de Nati

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Nati :D
      Que bom que gostou do texto <3
      Entendo,algumas vezes já senti essa angústia e vontade de chorar que vem sei lá de onde :/ mas como eu disse no texto,comigo passou,então com você tbm vai passar,não deixe de procurar ajuda,estou com você <3
      Beijos ^.^

      Excluir
  4. Oi, Jenny.
    Estou para comentar seu post desde o dia que publicou, mas essa minha rotina está difícil :(.
    Ansiedade é algo muito sério, estamos passando por isso em casa, e realmente sem ajuda as coisas só tendem a piorar.
    Eu fico pra morrer quando alguém relata que tem ansiedade e outra pessoa comenta que é frescura.
    O mundo perdeu a empatia, e isso me deixa assustada.
    Ótimo post. ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Cami só de você comentar já faz meu dia mais feliz rs <3
      A ansiedade é tão difícil porque as pessoas não entendem,não tentam se colocar no lugar do outro,realmente,falta empatia,e esse é meu medo para as gerações futuras,no caso,a sua Valentina,por isso temos que lutar ainda mais e deixar para nossas crianças de hoje o que é empatia e como ela é importante.
      Que bom que gostou do post ♥
      Beijos ^.^

      Excluir
  5. Faço uso de medicação a mais de 10 anos pra manter minha ansiedade controlada. No começo mesmo com os remédios eu me sentia mau.foi quando eu decidi a voltar a fazer os mais gosto nesta vIda.jogar basquete. Não garanto q estou 100% curado pq nunca parei com a medicação. Mas de uma cs eu tenho certeza.voltar a fazer os mais gosto e ocupar a minha mente foi essencial pra que eu melhorasse.
    Portanto vc q tem ansiedade.nao fique apenas a base de remédios.ocupe sua mente com cs que gostem de fazer.eu voltei a jogar basquete e várias vezes no começo eu pensei em desistir.mas graças a deus.a meus amigos eu continuei e hj já faz 7 anos que não tenho crises fortes de ansiedade.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu nome é Renato José de mattis.tenho 47 anos.nao consegui me identificar no comentário acima..

      Excluir
  6. Me identifiquei muito com texto e de uma certa forma foi bom saber que não sou a única que passa por isso.

    ResponderExcluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥