21 abril 2017

1.000 MÚSICAS | MAIORAL - STARBOY


 Depois de todas aquelas discussões ridículas de ciumes. Depois de você ter me dito coisas que ninguém nunca deveria dizer, de gritar e quebrar copos na parede, depois de você jogar todas as minhas roupas dentro de uma mala empoeirada que estava em cima do guarda roupas, e me obrigar a ir embora, Depois que eu te olhei pela ultima vez e vi que você se arrependeria de tudo no dia seguinte, vi que você me mandaria mensagem de madrugada quando estiver me substituindo por álcool, vi que você ainda sentiria a minha falta; eu desisti de tudo. E sai sem nem te dizer adeus. Eu prometi que nunca desistiria de você naquela época, mas você me quebrou em 50 mil pedaços, você se tornou desistível.

 Olha pra mim, estou passando na frente da sua porta com uma Land Rover caríssima, tenho milhões de notas pesando os meus bolsos, sou ignorante, grosso e não tenho o minimo remorso de deixar as pessoas pra baixo. Quebrei uns mil corações iludidos e não me arrependo. Eu me tornei frio, e não sinto nada, nunca amei ninguém depois de você. E olha oque você fez comigo, eu sou um maldito maioral. Todo mundo ainda me ama mesmo eu não dando a minima, fiquei famoso, tenho empregados pra todos os lados, e nem todo o peso da minha carteira me constrói novamente, porque você me deixou com o coração partido. 

 Todas as madrugadas eu expulso todos os meus empregados, coitados eles não tem culpa de você ter criado esse monstro. Eu empurro pra dentro garrafas de bebidas caras, ouço músicas melosas, e encaro a sua pulseira que você deixou cair na minha mala no meio da confusão. Eu choro como nunca antes e sempre penso em atender as suas 50 ligações perdidas, mas eu lembro como fui parar ali, no meio daquela sala vazia, com quadros raros e anéis de ouro, e com o coração partido. Eu levanto do chão e jogo o celular com a sua ligação no lustre, faço um estrago e imagino ali, como se tudo isso afastasse a minha dor. Mas você caprichou tanto na dose, que no dia seguinte tudo acontece novamente, com novos empregados, um novo lustre, novo celular, e o velho coração partido. Olha oque você fez, eu sou um maldito maioral.
 Mas isso vai passar quando eu não puder mais respirar, porque só assim eu deixo de te amar.

5 comentários:

  1. Uau,eu nem sei o que dizer desse texto,é forte,intenso e mostra um lado que muitas vezes a pessoa se esforça para manter escondido,porque a falta que alguém faz é uma das dores mais difíceis de se lidar,e se sentir como seu personagem é dolorido demais.
    Adorei <3
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jenny ! Falou Tudo ! As vezes, quando o coração não aguenta mais, colocamos um escudo, ou uma máscara, fazemos de tudo pra esconder o quanto precisamos daquele amor. Demonstramos ser frios, ou uma pessoa dura que não precisa de carinho. Quando lá no fundo, só precisamos de um abraço e de alguém que nos ame na mesma intensidade.

      Beijos Jenny ♥

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo, principalmente lendo com a música! Adorei <3
    Beijos!
    Borboletas de Papel | fanpage - twitter - instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline ! Fico muito feliz que tenha gostado ! Espero te ver por aqui mais vezes viu ! haha

      Beijos Aline ♥

      Excluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥