17 março 2017

UM PONTO FINAL COM CHEIRO DE PRIMAVERA


Já era por volta das sete da noite. Nos olhamos e deixamos os braços falarem por nós, de repente bem ali no meio do afago nos demos um ponto final, sem palavras para estragar tudo o que um dia fomos. Quem olhava-nos de longe poderia jurar que fosse apenas uma pausa, vírgula de segurança, mas abraçados entre bagagens nos demos um ponto final, sem reticencias, apenas ponto.

Protegidos dentro do afeto no aeroporto meu coração se aqueceu de seu calor pela última vez, abasteceu-se de tudo aquilo que fomos e sem muito controle transbordou o que poderíamos ser. Os abraços se soltaram e te deixei partir do mesmo jeito que um dia te deixei entrar. Sem alardes, sem dramas, só os braços se perdendo na imensidão do adeus.
Talvez o universo esperasse um pouco mais de nós, talvez ele esperasse que no último segundo você olhasse para trás e eu gritasse fica, mas como era o combinado você continuou sua caminhada sem voltas, arrependimento e olhares para aquilo que ficou. Eu me segurei, quase deixei escapar vou sentir saudades, coração covarde.

No caminho para casa ouvi alguém comentar que era primavera automaticamente lembrei do teu cheiro, passei na floricultura comprei margaridas. Coloquei-as perto da janela, e pensei que as estações sempre se repetem, preparei um café e ao som de Arcitc Monkeys sorri porque um dia também fomos primavera.

14 comentários:

  1. Oi, Camila!
    Terminando o texto, a primeira coisa que pensei foi que cada estação tem a sua beleza. Porque até nos dias de chuva - reais ou metafóricas - há poesia.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ia comentar... mas aí meus olhos caíram exatamente nesse comentário e pensei "caramba, é exatamente o que eu pensei quando terminei de ler o texto".

      Parabéns, Camila! Você sabe como escrever pra mexer com o mais íntimo dos leitores!

      Excluir
  2. Cami do céu,que texto é esse,eu amei <3
    Talvez o único problema de uma estação é que ela passa e deixa saudades. Parece que esse texto foi feito pra mim,cada detalhe me representou,o sentimento transbordou.
    Perfeito minha linda <3
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
  3. Oi querida,
    Adorei o texto. Estou com lágrimas nos olhos, pois estou lendo O Ar Que Ele Respira, e tem cenas assim bem tocantes. Seu texto são tão sinceros, tocantes e leves que eu me emociono toda vez...

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  4. CARALHO, QUE TEXTO!
    Arrepiei. Sem palavras, sério mesmo.
    Arrasou de mais.
    Um dia disseram pra eu nunca parar de escrever. Repito a você: nunca pare de escrever.
    4am.com.br

    ResponderExcluir
  5. A wonderful post, dear! And the blog is very cool!
    I will be glad friendship blogs ♥
    Julia Shkvo

    ResponderExcluir
  6. Cada estação, um sentença, e eu sempre continuo menina de verão ♥
    com amor, Bru
    Mania de Bruna
    @wildbru

    ResponderExcluir
  7. Oi! Lindas palavras, que possamos aceitar mais cada estação. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  8. Oi Camila,
    Lindo texto!
    Beijo
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Que fofura de conto! Amei, parabéns pela escrita, ficou incrível! ❤
    http://melissamorei.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  10. Oi
    muito lindo seu texto como sempre, transmite sentimentos bom ao ler.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Que maravilhoso! Meu Deus, você não pode parar de escrever nunca porque vocÊ escreve maravilhosamente bem. Você passa sentimentos, sensações e é fantástico!

    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
  12. Oi,me emocionei com o seu texto, vc está de parabéns com poucas palavras conseguiu causar uma ebulição se sentimen5os em mim, isso é um dom, não deixe que as palavras parem de florescer, escreva sempre....Bjs

    ResponderExcluir
  13. Que leitura mais gostosa desse seu conto! <3
    Adorei o modo como falou dos sentimentos, entrelaçados e sensações e estações do ano! E tudo falando de um término de um modo tão natural e gentil, do tipo que faz pensar que alguns finais valem a pena, por tudo que foi vivido! <3
    xoxo

    ResponderExcluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥