segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

DESCULPAS POR NÃO TER SIDO ELA



Ao terminar de ler sua nem tão corajosa carta senti uma raiva equivalente aquele dia que você me chamou para ir ao cinema em Botafogo mesmo sabendo que eu morava na Barra. Mesmo sabendo que no outro dia eu ira acordar cedo, mesmo sabendo que eu dormiria nas aulas de produção de texto, mesmo sabendo que o seu convite veio de uma tarde entediante e que eu certamente era seu tapa-buracos, ainda assim eu engoli minha raiva que desceu queimando igual àquele refrigerante, naquela época eu teria engolido qualquer coisa por você.


Confesso que senti uma vontade enorme de quebrar os vinis que comprei e nem tive a oportunidade de te contar, juro que quase rasguei a camiseta do Vasco, merda. O que vou fazer com aquela camiseta pendura no meu armário?

Confesso que antes de você aparecer não tinha nem uma música que me fizesse lembrar alguém ou algum momento, agora tem um repertório imenso pra chorar a falta de alguém, isso sim foi muita covardia da sua parte. Agora fico me perguntando se meus ouvidos conseguirão escutar The Smiths sem meu cérebro tripudiar do meu coração patético que no meio de tantos caras foi escolher justamente o que já tinha sua escolha. A vida só pode estar de sacanagem comigo.

Depois do meu ataque de raiva passar e eu conseguir respirar sem meus pulmões darem sinais de que estavam trabalhando mais do que o normal. Me acalmei e percebi que você nunca esteve aqui nem de corpo presente, muito menos de intenção. Sei que não fui sua válvula de escape e que suas intenções apesar de tortas foram as melhores, mas mesmo sabendo de tudo isso dói, dói só não, queima-arde-destrói tudo que poderíamos ter sido se suas mãos encaixassem com as minhas.

Queria não te perdoar pela dança, pelas músicas, pela camiseta do Vasco, pelos domingos mornos, pelas inúmeras noites que passei esperando apenas um boa noite do outro lado da linha. Queria não te perdoar por não gostar de O.C e nem fazer um pouquinho de esforço mesmo sabendo que é minha série preferida. Queria não te perdoar por me fazer gastar em dois meses com remédios para alergia o que nunca gastei. 

Queria de verdade endurecer o meu coração e não te perdoar por não ter deixado o passado longe do presente e ter se perdido tanto que nos impediu de um futuro qualquer. Mas é que se não puder te desculpar vou entender que tudo o que vivi contigo foi mera trapaça do destino, se não te perdoar vou ficar com aquele nó preso na garganta que nenhum refrigerante do mundo fará descer. 
Enfim, te desculpo porque só assim consigo me perdoar por ter tentado e ainda assim não ser ela.

36 comentários :

  1. Que texto mais profundo, pude sentir cada momento que você descreveu. Um super beijo, Blog Minuto de Bobeira

    ResponderExcluir
  2. Oi Camila, tudo bem?
    Às vezes não é pra ser, né? Mas perdoar é sempre bom, traz leveza pra alma.
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho Priih, tem coisas que é melhor não serem né rs.
      Beijo

      Excluir
  3. Oi Cah!

    Amei o texto. Essa parte "Queria de verdade endurecer o meu coração e não te perdoar por não ter deixado o passado longe do presente e ter se perdido tanto que nos impediu de um futuro qualquer." - vontade mandar para uma pessoa haha
    As vezes as pessoas ficam tão presas as magoas ou vivências de relacionamentos anteriores que acabam esquecendo de valorizar quem está li agora.

    beijos
    Psicose da Nina | Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nina.
      É bem isso, e também há aquele problema de começar um relacionamento sem estar com o coração livre pra isso.
      Beijo

      Excluir
  4. Oi querida,
    Adorei o texto, não tem como ninguém gostar. Você além de escrever super bem, ainda consegue nos tocar com as palavras. Como sempre, eu vou voltar para ler mais textos ♥

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice.
      Fico tão feliz quando leio comentários desse tipo.
      Muito obrigada.

      Excluir
  5. " Enfim, te desculpo porque só assim consigo me perdoar por ter tentado e ainda assim não ser ela. " - Cami Sua linda que texto de tirar o fôlego ! Que saudade de ler seus textos tocantes haha ❤ Eu pude sentir cada agonia, cada suspiro, cada lágrima, cada alívio. Parabéns Moça ❤

    http://porgrandesaventuras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Cá, que texto lindo!!

    Fiquei até emocionada porque de certa forma estou passando por algo assim, não no sentido amoroso, mas algo parecido. O texto em tocou, simplesmente amei!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi.
      Espero que as coisas que se resolvam da melhor forma possível. ♥

      Excluir
  7. Oie Camila =)

    Eu não consigo guardar rancor, até por que me sinto muito mal com brigas e lugares em desarmonia. Mas infelizmente tem pessoas que carregam suas magoas como se elas fossem um escudo, e não percebem que só estão de prejudicando com isso.

    Belo texto!

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que a pior coisa é ter o peito com amargura né Ane.
      Amar também é deixar partir.
      Beijo

      Excluir
  8. Uau! Que texto. Me identifiquei em alguns momentos, mas a parte que fala "enfim, te desculpo porque só assim consigo me perdoar por ter tentado e ainda assim não ser ela", me desmontou. Se eu tivesse pensado dessa forma, não teria vivido tanto tempo com culpa.


    Beijos,
    Blog Gaby DahmerFanpageInstagramTwitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ás vezes precisamos aprender do jeito mais difícil né Gaby.
      Mas que bom que agora já está livre.
      Beijo

      Excluir
  9. Oi, Camila. Me identifiquei muito com o texto. É realmente um saco gostar de quem nao gosta verdadeiramente da gente, quando nós somente servimos para tirar aquela pessoa do tédio. O pior de tudo é saber que se ela quisesse realmente tentar e ficar conosco, teria dado certo. Mas nunca temos sorte, né?
    Amei o texto! Beijo, http://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que nem seja questão de sorte Miriã, a maioria das vezes é porque não era a pessoa certa, simples assim.
      Beijo

      Excluir
  10. Oi, Cami!
    Menina, esse texto me fez lembrar de algo parecido que aconteceu comigo. Eu lembro que demorei a perdoar a pessoa, mas foi melhor assim.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção seis anos de Caverna Literária
    Promoção Natal Literário
    Participe do Sorteio de Fim de Ano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Demorou, mas liberou rs.
      Mas sei bem o quanto é difícil Lu.

      Excluir
  11. Oie
    Ótimo texto, como sempre nos faz refletir e pensar em nossas vidas. Adorei.

    Beijinhos
    Diário de Incentivo a Leitura

    ResponderExcluir
  12. Simplesmente amei o texto! Eu me identifiquei bastante com o texto — mas não no sentido amoroso.

    beijos,
    floresnoluar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Que texto lindo. E triste. Todos esses sentimentos são complicados. Eu aprendi a perdoar, depois de muito tempo. A gente se sente bem depois que consegue.
    Beijos

    Vidas em Preto e Branco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Lary.
      Perdoar faz bem para os dois lados.

      Excluir
  14. Olá, Camila.
    Adorei o texto. Senti como se fosse eu ali e vou levar para mim o ultimo parágrafo.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  15. Gostei do texto! Está rico em detalhes, parabéns pela escrita!
    Beijos,
    JP

    ResponderExcluir
  16. Que texto triste e profundo, Camila. Suas palavras lindas transmitiram tanto sentimento que até doeu meu coração só de lê-lo. Beijinhos, Beatriz.

    O Diário de uma Escritora Iniciante

    ResponderExcluir
  17. Olá Camila,
    Amei real esse texto. Já tive no lugar da garota do texto, e senti de novo tudo lendo seu texto.
    Beijos,
    teattimee.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero que agora esteja no lugar que deseja Loysla.♥

      Excluir
  18. Camila, pra que tanto talento? Ate eu fiquei com raiva (pelo menos do convite do cinema). Voce consegue transparecer tanto sentimento com teus textos que eu fico super chocada. E voce ta certa mesmo, tem que perdoar e seguir em frente, so assim o aperto no peito diminui um pouquinho e a gente continua vivendo. Parabens pelo texto. Beijos

    ResponderExcluir
  19. Nossa!!! Quem ficou sem fôlego foi eu ao ler o texto.
    As vezes criamos um amor e temos que perdoar e ver o final da história.
    Não sei bem o que dizer nesse momento, mas, sei que seu talento para escrever e deixar as pessoas pensativas assim como eu é indescritível.
    Beijocas.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥