s Te conto Poesia: RESENHA: TRÊS VEZES NÓS

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

RESENHA: TRÊS VEZES NÓS

Sinopse: Uma jovem mulher com uma bicicleta quebrada após desviar de um cão. Um homem que ela poderia facilmente ter deixado passar, sem parar, levando consigo uma vida inteira, uma vida que poderia nunca ter sido dela.
Eva Edelstein está no segundo ano do curso de Inglês na Universidade de Cambridge. Ela namora David Katz, estudante e aspirante a ator. A vida de Eva parece bem encaminhada, quando, no campus da universidade, ela conhece acidentalmente Jim Taylor, estudante frustrado de direito.
Há três versões, três realidades diferentes para o futuro de Eva e Jim, dos anos 1950 até os dias atuais.
Se o nosso futuro é uma encruzilhada, gostaríamos de saber qual caminho seguir? E depois, ficaríamos felizes com a nossa escolha?
Três vidas. Três histórias. Três destinos... permeados com traições e ambições, mas também com amor e arte.
Três vezes nós explora a ideia de que há momentos em nossas vidas que poderiam ter sido diferentes e como pequenos fatos ou decisões que tomamos podem determinar o rumo da nossa vida para sempre.

Autor: Laura Barnett          Edição: 2016
Editora: Novo Conceito      Páginas: 384
Gênero: Romance              Nota: 3/5


*Livro cedido em parceria com a editora

Quando abriu minha estante da Editora Novo Conceito corri para escolher esse livro. Achei a capa tão maravilhosa que imaginei que a história deveria ser ainda melhor, mas quem vê capa não  história o livro não foi bem o que imaginava e vou contar mais à frente o porque.
Em Três Vezes Nós conhecemos a Eva e Jim, mas de uma forma diferente, embarcamos em três versões da mesma história.

O livro é divido em três partes na primeira Eva conhece Jim através de um acidente envolvendo sua bicicleta e um cachorrinho atrapalhado. Jim aproveita o ocorrido para convidar Eva para sair, ela por sua vez aceita e nessa parte eles ficam juntos, mas não é apenas isso, existem inúmeros acontecimentos que vão moldando a personalidade de ambos.
Na segunda parte temos o mesmo acidente, mas por uma ironia do famoso destino eles não se conhecem e suas vidas seguem caminhos totalmente diferentes.
Na terceira parte o acidente com a bicicleta acontece, mas os fatos mudam. Eva machuca o tornozelo e Jim a ajuda. Eles ficam juntos, mas não dura por diversos acontecimentos.

Contando assim até parece que a história flui bem, mas não se enganem. Se você for daquele tipo de leitor que se perde ou esquece os fatos aí vai uma dica esse livro irá te causar alguma dificuldade, digo isso porque eu mesmo voltei várias vezes para o início das páginas para saber qual versão estava lendo. E a autora já esperava por isso, tanto que no final do livro há páginas para você fazer anotações dos fatos importantes de cada história.
Outro ponto que senti dificuldade é que por ser três versões diferentes a personalidade dos personagens também mudava de acordo, assim não consegui criar um laço com eles.
O ponto positivo é que os personagens são reais, comentem erros idiotas, são mesquinhos, egoístas, loucos, apaixonados e afundam com vontade os pés e o corpo todo na jaca.
Acredito que a verdadeira lição que a autora quis passar é como pequenas decisões por mais inofensivas que possam parecer tem o poder de mudar nossas vidas. Sabe aquela velha história do "e se" aqui tudo é uma grande consequência dessas três letrinhas. Aqui fica claro que não existe relacionamento perfeito por mais que a grama do vizinho possa parecer verdinha e sem estragos bem lá no fundo da terra pode haver algo de podre.
Outro ponto positivo é que como são três versões você pode escolher a sua preferida, mesmo que pareça que já ficou claro como as três histórias acabam o que acontece para determinado fim é que considero importante. 

Três Vezes Nós é um livro intenso, cheio de reviravoltas, diria que ele mostra a vida como ela é. Talvez seja por isso que achei tão bagunçado rs.
A diagramação está impecável, a capa como já disse no começo é maravilhosa. As ilustrações são lindas, não encontrei erros de revisão, as letras tem um tamanho confortável e ás páginas são amareladas o que facilitam na leitura.
Apesar de toda confusão gostei bastante da mensagem do livro.

E aí quem já leu, gostaram? Me conta


38 comentários:

  1. Sabe que quando peguei para ler eu senti a mesma coisa? Não consegui nem continuar. Acabei escolhendo outro livro para ler e deixar esse para um outro momento. Eu me perdi completamente logo nas primeiras páginas, não entendia nada da história, mas a diagramação é lindíssima e também fiquei apaixonada por conta disso ♥ Uma pena que a história seja tão confusa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu pensei em fazer isso umas dez vezes Kelly, mas resisti rs.
      E acho que a história tinha tudo para ser boa se não fosse tão confusa.

      Excluir
  2. Oi, Cami!
    Eu não queria muito ler esse livro, mas as resenhas andam me convencendo.
    Menina, acho que iria me enrolar bastante nessas versões hahhahah
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção seis anos de Caverna Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aí Lu, eu fiquei perdidinha até pegar o ritmo da leitura.

      Excluir
  3. Oie
    Desde a primeira vez que eu vi a capa deste livro eu fiquei com vontade de lê-lo e agora lendo sua resenha fiquei mais curiosa. A mensagem que ele passa deve ser muito boa mesmo, adorei o enredo.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa realmente é linda e a mensagem por trás dele é boa, só precisa de paciência para lê-lo.
      Beijo

      Excluir
  4. Oi Camila.

    Já tinha visto o livro, mas nem tinha lido a sinopse.
    Parece ser bem diferente, né?
    Mas não sei se o leria agora...
    Essas situações me angustiam, quando você tem vontade de gritar com os personagens e quando você ver os caminhos que poderia ter tomado as histórias, mas não sabe ao certo qual seria... E aí?
    hahahaha
    São reflexões retóricas.
    Ótima resenha.

    Beijos.
    Alana Marques
    colecionadoresdelivross.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angústia acho que você achou a palavra certa rs.

      Excluir
  5. Oi Camila!!
    Não conhecia o livro!! Ameii a resenha!
    e essas fotos tá um amor viu!

    Beijinhos♥

    www.blogsunshinee.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Cami, tudo bem?

    Confesso que estava com uma expectativa alta nesse livro, pois a capa é maravilhosa e a premissa instigante. Descobrir que ele é uma bagunça me desanima, pois gosto de livros que me fazem perder a noção de tempo e espaço 😐
    Adorei sua resenha. Parabéns 💙

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aconteceu isso comigo, fui toda animada para leitura e me senti traída rs.
      Beijo

      Excluir
  7. Oi Camila,
    A capa do livro é realmente linda, mas prefiro livros que fluem, não gosto de ficar voltando para relembrar os acontecimentos.
    Bjs❤
    Abrir Janela

    ResponderExcluir
  8. Olá lindona,
    amei a sua resenha, é muito bom saber das dificuldades dessa leitura. Eu também sou bem esquecida prefiro os livros em que leitura flui muito bem sem que eu precise voltar páginas para recordar alguma coisa.
    Gostei demais dessa capa e suas foto como sempre estão impecáveis.
    Amei cada detalhe dessa resenha, é muito importante a opinião sincera de quem leu e gosto muito de ler as suas pois, sei que você é super cuidadosa e sensível ao escrever.
    Amei o post.
    Beijos.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aquele comentário que te faz ganhar o dia. ♥
      Eu também prefiro os livros com uma narrativa que flui, mas gostei de ter lido esse apesar de tudo.
      Beijo

      Excluir
  9. Amei a capa,a ideia do livro,mas não sei se conseguiria ler,principalmente pela confusão e a mudança nos jeitos das personagens rsrs
    Porém,não é por isso que vou rejeitar totalmente,vou anotar na minha lista e tentar dar uma chance,porque a sua resenha me motivou rs ♥
    As fotos estão lindas e quero essa máquina de escrever pra mim please kkkk amei tudo ♥
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
  10. Oi Camila, tudo bem?

    Ok, depois de ler sua resenha acredito que entendi toda a sua confusão! Acho que também ficaria confusa, mas... serio eu adorei a ideia da autora de criar três versões, por que nem sempre nos termos a oportunidade de corrigir os erros, na maioria das vezes não existe solução como, voltar ao passado e concerta as burradas, e uma bela reflexão, faz um tempinho que quero ler este livro e esta e primeira resenha que leio <3 talvez eu me incomode com os mesmo pontos citados por você, mas no final espero gostar! Amei as fotos.

    Beijinhos

    https://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É o velho efeito borboleta né. Acho que não da para vivermos no eterno "e se", temos que aprender com o que passamos.
      Espero que goste da leitura.
      Beijo

      Excluir
  11. Olá,
    Parece ser uma boa leitura, quem sabe em breve leio ;)

    tenha uma ótima semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  12. Eitaaa Mila!
    Já é a segunda resenha negativa que eu leio desse livrinho hahahah
    A premissa dele é muito boa, mas acho que essa coisa de "parte pra fazer anotações no livro, sobre a história", faz perder a graça de tudo. Acho que não vou ler não, massss nunca se sabe ahhaha

    Um beijo!
    surewehaveablog.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então, é que são pontos que realmente incomoda na leitura.
      Nunca diga nunca não é mesmo.

      Excluir
  13. Oi, Camila

    Menina, estou no início da parte três e vou te falar que nossas impressões estão praticamente iguais. Eu fiquei 12 dias empacada na leitura, não conseguia prosseguir pq não estava me conectando aos personagens, sabe?
    Também tinha que voltar para ver a versão que estava lendo, ficava confusa com a personalidade deles, com o nome dos filhos, que mudava de uma versão pra outra, é uma leitura bem peculiar. Não é um livro ruim, mas não sei se essa dinâmica foi a melhor escolha...vamos ver o que vou achar desse restinho que falta.

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tão bom ler que não foi só eu que senti essa dificuldade.

      Excluir
  14. Oi Camila!
    Que capa linda, e as fotos também, amei! <3 pena que o conteúdo não foi tão bom assim, acontece! rs

    Ótima semana!

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  15. Eu leria, achei a historia "fofa" apesar dos riscos á cima rsrs. Beijos! ótima semana flor!♥
    floordemandacaru.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Não conhecia Camila, mas amei a resenha!A capa é linda!! :)

    Um beijo,

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi Camila,
    Tambem achei a leitura meio confusa e no meu caso um pouquinho arrastada. Eu dei uma boa nota para a história porque gostei muito da mensagem que a autora quis passar. Mas não são todos que vão se adaptar com a leitura.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jessica eu até queria dar uma boa nota, mas foi tão difícil pegar gosto na leitura.
      Beijo

      Excluir
  18. Oi
    pena que a leitura não flui tão bem para você, já li outras resenhas elogiando e a premissa dele chamou minha atenção, já que achei diferente de alguns livros que ando vendo por ai.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Oi Cá, tudo bem?

    Eu ainda não li, mas achei o enredo com três versões interessantes, pena que realmente parece ser um pouco bagunçado. Caso eu leia vou tentar prestar atenção!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  20. Não conhecia, mas parece bem fofo e achei o tema muito interessante!
    Beijo

    ResponderExcluir
  21. Eu achei a edição incrível a primeira vista e teria a mesma impressão que você! Achei essa ideia de contar a mesma história três vezes, mudando os acontecimentos e as decisões dos personagens uma ideia no minimo, diferente, mas me pergunto se não acabou se tornando um pouco repetitivo.
    Essa questão dos personagens mudarem a personalidade nas versões, pode dificultar mesmo o nosso envolvimento, não deu a impressão de que não se tratava dos mesmos personagens?
    Beijos!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥