01 novembro 2016

CÊ ME INVADE


A gente se trombou bem no meio de um cruzamento de sentimentos desenfreados e um tanto complicados. Eu tentei te avisar que meu coração já vinha multado por outros acidentes e que a culpa da nossa batida era toda minha, mas você se recusou a me deixar ali esperando sozinha por reparos.
Juro que tentei abrir mão desse meu medo de estimação de ficar quietinha enquanto tudo está uma loucura e sei que deveria ter te ajudado quando o nosso freio parou de funcionar, mas é que sou acostumada com o estrago e para mim você era apenas mais um na minha agenda de riscos calculados. O problema é que de todas as manias que você poderia colecionar a sua preferida era cuidar, e cê cuidou, mas cuidou tão bem que eu quase me esqueci de que o plano nunca foi esse.

Bem ali na rotina do café da manhã enquanto cê lia a página de esportes meu coração teve a confirmação que havia chegado a hora de te deixar, mas quando abri a boca você segurou uma das minhas mãos enquanto a outra segurava a xícara de café e a sensação foi tão boa que pela primeira vez o amargo matinal tinha gosto de açúcar. Depois teve aquele momento em que estava escovando os dentes e você entrou procurando seu creme de barbear, era a deixa que estava esperando para criar uma discussão sobre espaço e terminaria com um desculpas o problema sou eu, mas você entrelaçou minha cintura e beijou minha nuca e uma onda de calor visitou do meu primeiro fio de cabelo até a unha do mindinho do meu pé, unha sente calor? Não sei, mas tudo esquentou naquele momento.
A tarde enquanto clicava compulsivamente o controle da tv você chegou com suas meias brancas e se aconchegou bem do meu lado, senti meu espaço mais uma vez sendo violado, mas o danado do seu cheiro foi se alojar bem no meio do meu chilique e aí deixei. Tentei esticar o corpo para te mostrar que queria ficar sozinha, mas era tão bom ficar contigo que meu corpo foi logo grudar no teu.

Já tinha escutado em alguma conversa de bar que quando esse tipo de coisa acontecia tudo estava perdido, não adiantava nem reza brava, mas pensei isso só pode ser papo de gente bêbada. Não era possível encontrar o amor durante um acidente, era? E por que comigo, por que com você? Sempre imaginei que era estragada, tipo aqueles produtos que são ótimos, mas que na embalagem já mostra que está com defeito, então acaba ficando esquecido na pratilheira até alguém resolver vender por um valor menor, será que foi isso? Você se contentou com um sorriso forçado no fim de tarde porque não tinha aquele de comercial de pasta de dente. Ou será que o estragado é você e eu que insisto em te querer, ou vai ver são ambos e é por isso que quando estou contigo esqueço de ser triste e só sei fazer felicidade com gosto de algodão doce.

Vai ver que no meio do caos a gente foi a ancora um do outro. Cê sabe que minha cabeça consegue criar inúmeras teorias malucas e conspirações para todas as coisas que acontece nesse mundo, mas quando penso em você e nos castanhos dos seus olhos não me vem nada na cabeça nem se quer uma teoria para explicar a falta delas, tudo que sinto é paz, é isso. Cê enche meu peito de paz, e enquanto continuo a mudar os canais da tv e ajeito minha cabeça em seu peito, teu cheiro me invade e eu vou deixando cê entrar até que preencha todos os espaços que ficaram a te aguardar. 

36 comentários:

  1. Que amorzinho de texto! "vou deixando cê entrar até que preencha todos os espaços que ficaram a te aguardar." Sua escrita está maravilhosa!
    Beijos ❤
    JP

    ResponderExcluir
  2. Camila, que texto maravilhoso! Eu fico me imaginando nessas cenas que você criou. Nada soaria mais poético e romântico. Acho que você escreve maravilhosamente bem, por isso, adoraria ler outros textos assim.
    Beijão! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado Miriã.
      Na tag textos você pode encontrar outros que escrevi.❤

      Excluir
  3. Olá Camila,

    Ótima leitura e escrita!! É do jeitinho que gosto de ler.. cheio de sentimentos. :) Também escrevo mas, ultimamente a vida está uma loucura e não consigo parar para escrever algo. Mas, todos textos e poemas são bem sentimentais..

    Um beijo, estou te seguindo.

    www.purestyle.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Fê sei bem como é. Tive bebê recentemente e está tudo uma loucura, mas a gente vai encontrando umas brechas.
      Beijos

      Excluir
  4. Olá, Camila.
    Nem sei o que dizer de tanto que gostei. Fui aqui sentindo como se fosse eu. Os sentimentos transbordam das palavras. Parabéns!

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Olá minha linda,
    que texto maravilhoso. Amei cada pedacinho, principalmente: "Vai ver que no meio do caos a gente foi a ancora um do outro". Essa frase é realmente perfeita. Muitas vezes quando algo parece dar errado, encontramos alguém que é a nossa âncora em determinado momento e vice versa.
    Amei o texto. É simplesmente perfeito.
    Beijocas.

    meumundosecreto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa.
      Fico muito feliz de verdade que tenha curtido o texto, e concordo contigo ás vezes quando tudo parece perdido encontramos alguém que nos da outra direção.
      Beijo

      Excluir
  6. Menina que blog inspirador e encantador, que lindo. Postagem poema é o que mais adoro ler *-* Amei Camila, Parabéns pelo blog. Poesia pura ♥ Beijos (ps:te convido para conhecer meu pequeno blog) !floordemandacaru.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda muito obriga, e pode deixar que irei conhecer sim.
      Beijo

      Excluir
  7. Oi, Cami!
    Estava com saudades dos teus textos lindos!
    Menina, junta tudo isso e publica. Com certeza vai fazer o maior sucesso.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu.
      Também estava com saudades deles rs.
      Quem sabe um dia né, iria ficar muito feliz.
      Beijo

      Excluir
  8. Cami do céu *0* amei esse texto,já disse que se eu pudesse escrever metade do que você escreve eu vou ser feliz pra sempre?! Suas palavras e encantaram e eu pude ver toda a cena acontecendo ♥♥
    " Vai ver que no meio do caos a gente foi a ancora um do outro. Cê sabe que minha cabeça consegue criar inúmeras teorias malucas e conspirações para todas as coisas que acontece nesse mundo, mas quando penso em você e nos castanhos dos seus olhos não me vem nada na cabeça nem se quer uma teoria para explicar a falta delas, tudo que sinto é paz, é isso." ♥♥♥♥
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que saudade de te ver por aqui Jenny.
      E já te disse que também amo sua escrita.♥

      Excluir
  9. Perdidamente apaixonada pelo seu texto. Tão leve e cheio de sentimento, é como um desabrochar do amor, simples e intenso. Chega sem avisar e faz morada <3 beijos
    Charme-se

    ResponderExcluir
  10. Oie
    Que lindo texto, adoreiii!! Você tem um dom de escrever, que emociona. Parabéns.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Texto cheio de sentimento, sensações perfeito mesmo. Parabéns

    Beijinhos ❤
    Blog Ale Canofre
    YouTube

    ResponderExcluir
  12. Que texto incrível! Amei cada linha, cada comparação boba. Pude me enxergar em tantos detalhes gostosos de uma relação!
    Parabéns!

    Beijos.

    BLOG COISA E TAL

    ResponderExcluir
  13. " Sempre imaginei que era estragada, tipo aqueles produtos que são ótimos, mas que na embalagem já mostra que está com defeito" essa frase me lembra tantas coisa. Sabe eu não acreditava no amor, pois sempre achei que eu não o merecia, que eu era como um produto com defeitos, mas eu encontrei alguem, que me ama com todos os defeitos. Esse texto me lembra tanto eu uns amos atras

    Com carinho, Renata Prado | Entre Zombies e Unicórnios |

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Renata.
      Fico muito feliz em saber que isso faz parte do seu passado e que agora tem alguém para dividir as coisas boas da vida ao seu lado, felicidades.

      Excluir
  14. Que texto lindo, amo ver tantos sentimentos entrelaçados em palavras únicas. Simplesmente, amei!

    Um super beijo, Blog Minuto de Bobeira

    ResponderExcluir
  15. Lindo, Lindo! Adorei cada pedacinho do seu texto, você escreve muito bem e transmite muito sentimento com as suas palavras! <3 Beijos!

    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir
  16. Oi, Cami

    Que texto tão delicinha. <3 É impossível terminar seus textos sem um sorriso, até aqueles mais melancólicos são belos e reais.
    Adorei este, às vezes a gente insiste em tentar encontrar defeitos em coisas que são perfeitas a seu modo, né?
    Muito fofo mesmo, parabéns.


    Beijos
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tami.
      Obrigada, feliz que tenha gostado.
      Beijo

      Excluir
  17. Que texto mais amor <33 Estamos tão acostumados ao caos e as coisas dando errado, que quando algo dá certo a gente até estranha né SASHUASHAU
    "Vai ver que no meio do caos a gente foi a ancora um do outro."

    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mandy.
      É bem isso mesmo, quando algo da certo chega bate medo rs.
      Beijo

      Excluir
  18. "Vai ver que no meio do caos a gente foi a ancora um do outro."
    Adorei <3

    ResponderExcluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥