26 julho 2016

TENTEI. NÃO DEU.


Um dia já fui de muitas metáforas, frases bem elaboradas e textos fantásticos. Usava pontos infinitos para contar nossas histórias, mas a gente cresce sabe? Um hora a ficha cai, frase velha, acho que a juventude de hoje nem faz ideia da referencia que ela faz. Talvez esse seja o grande problema, o tempo tem passado e nesse tal de rolar os ponteiros tenho me sentindo obrigada a passar também.
Acho que esse é o sentimento correto ou movimento, estou passando. Engraçado, lembrei do meu professor do ensino médio que certamente estaria em ulceras agora se visse que comecei a frase com "acho", ele dizia que quem acha não tem argumento convincente, que achar não vale nada. Talvez seja isso. Eu realmente não acho-sinto-faço nada. Agora me veio a mente que ao invés de estar passando esteja é parada, na inercia, no limbo, no lugar em que minha mente sempre teve medo de ficar.

Os cadernos estão todos vazios, os guardanapos nunca tiveram tão arrumados, e minha mente nunca esteve tão limpa. Sempre acreditei que a melhor coisa que poderia me acontecer um dia é esse turbilhão de sentimentos mal colocados cessarem, pensei que daria uma festa quando finalmente meus dedos conseguissem digitar o último sentimento, depois disso tudo ficaria calmo, sereno e tranquilo, quem não deseja calmaria? É que ninguém me falou que o silêncio é assustador e que ficar sem transbordar pode te ferir na mesma medida.

Tenho torcido para uma avalanche de qualquer coisa me atingir encheio bem no meio desse coração que parou de bater e se cansou de apanhar. Músculo parado fica atrofiado, e esse aqui nem bombeando direito está.
Nunca dormi melhor, já não tenho mais aquelas tão familiares olheiras e nem aquele aspecto de cansaço matinal durante o resto do dia, o cigarro foi esquecido e o cinzeiro virou decoração na mesa lateral da sala. Minhas séries estão em dia, e ainda assisto os mesmos episódios de Grey's Anatomy. Ás vezes me pergunto se realmente existe essa tal pessoa preferida, ou se sou a de alguém. acho que não. Sei que está chovendo lá fora, e que aqui dentro a poeira se ajunta.

Tentei escrever algo hoje, juro. Não deu.

29 comentários:

  1. oi, oi.

    eu não acho tão ruim quando as coisas estão quietas, em seus devidos lugares. faz parte da vida. claro que toda aquela muvuca de sentimentos e tretas é bom pra quem já é acostumado a conviver com elas, só que a gente tem que ter essa pausa mesmo. pra pensar, se autoconhecer. enfim, se acalmar.

    amei o texto, Camila! <3

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
  2. Vida é feita de emoções, inclusive as não tão boas. Daí a sensação de inércia e apatia quando estamos serenos demais. Adorei o modo como abordou a calmaria, já que há tantos textos sobre o desespero de um amor agitado. O modo como escreve é fantástico, parabéns novamente.

    Meu cantinho: http:/www.umavidaemandamento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adoro textos sentimentais, e são momentos assim em que eu paro e reflito onde algo deu errado, ou o ponto em que parei, o que me incomoda na vida. As vezes as calmarias fazem parte.
    http://www.charme-se.com

    ResponderExcluir
  4. Olá, Camila.
    Parabéns pelo texto, ficou ótimo. Meu ex patrão também falava desse negócio do acho. Ele dizia que temos que sempre ter certeza ou não expressar nossa opinião.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  5. Olá, Camila.
    Essa sensação de inércia, de estagnação, é bem dolorosa e raras vezes traz coisas boas. Então, nesse sentido, seu texto foi perfeito. Afinal, desbravou esse sentimento com perfeição e ainda trouxe algo maravilhoso: suas palavras.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de julho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
  6. Camila, nao to podendo com você! hahahahaha Não sei o que falar desse texto. Eu realmente acredito que pelo bem ou pelo mal, somos sempre feitos do que sentimos. E se tá parado, nós também temos que sentir isso. Não é parado a palavra, eu acho. Talvez essa inércia seja para a gente ter tempo de ver, analisar e questionar um pouco a nossa vida. Eu vejo a inércia como algo positivo, uma oportunidade de nos livrarmos da rotina e agirmos sobre o que queremos mudar. Não é poeira que tá acumulando, nao. Eu acho que é paz com você mesma. PARABÉNS pelo texto. Adoro teu cantinho. Beijos

    ResponderExcluir
  7. Que textos lindos, Camila. Não só esse, mas digo dos os outros que já venho acompanhando. Sempre tem um pedacinho que a gente começa a se identificar, sempre tem uma parte que você consegue passar uma maior intensidade pros leitores. Gostei muito, beijo!

    www.leitorasvorazes.com.br

    ResponderExcluir
  8. Que texto lindo, é a primeira vez que visito seu blog, e ele já me encantou de cara <3
    Te segui para poder acompanhar as novidades

    www.papomoleca.com.br

    ResponderExcluir
  9. Texto maravilhoso, o "acho" me intrigou reparei que digo bastante. Vou passar a falar com mais certeza. Bjos!

    BLOG LITERÁRIO 2

    ResponderExcluir
  10. Olá! Adorei o texto, na verdade todos textos que li aqui em seu blog me encantaram e me fizeram refletir, parabéns <3

    Beijinhos,

    Beatriz - Blog Escrevendo Mundos

    ResponderExcluir
  11. olá, tudo bem?
    Muito bom texto! Gosto de ler coisas assim, cheia de sentimentos.
    Incrível como até mesmo a rotina pode ser tao expressada em palavras.
    E apenas um comentário: realmente acho que muita gente nem sabe o que quer dizer "a ficha cair", haha.

    SIGA BIO-LIVROS | Página | Produtos Natura | Magazine Você

    ResponderExcluir
  12. Palmas!!!Texto Maravilhoso! Ficou tão bem elaborado com palavras diferentes, quer dizer... Palavras que a maioria não usa... Gostei muito das frases!
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  13. A vida também tem fases de silêncio. E às vezes eles falam mais alto que qualquer coisa que se diga.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  14. Nosso coração está acostumado com tantas emoções, tristezas, sustos e decepções, que quando isso "acaba" a gente fica perdida, é um pouco estranho, mas nada melhor do que dormir com a cabeça no travesseiro da forma mais leve possível, sem preocupação alguma...
    Beijos <3
    Sentimentos Apurados | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  15. Que texto profundo e singelo! Tudo na vida são fases. A de agitação, de medos, de silêncio. Acho que é certo aproveitar cada uma em sua maneira, com a mente limpa, e claro, séries em dia sempre haha <3

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Camila, arrasou no texto. Nunca tinha lido nada seu referente a seus sentimentos e reflexões. Acho tão singelo e puro. Ás vezes sinto o mesmo que você, uma vazio sepulcral. Noutras eu desejo que minha cabeça esvazie para que assim eu possa me sentir melhor, mas quando isso acontece, eu fico "e agora?". Resumiu tudo! Beijos, Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  17. Oi, Cami!
    Mais um texto arrasador dazinimigas hahhahahhaa
    Eu odeio essa sensação de inércia... Sempre faço de tudo para não cair nisso...
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  18. Camila, acho que confusões de sentimentos é normal para todos.
    Palavras bem profundas e cheias de sentimento. É ruim quando a gente "trava", parece que está tudo vazio ou falta algo.. eu também me sinto estranha quando isso acontece. Por isso devemos aproveitar ao máximo tudo, nos divertir, e se ocupar de coisas que amamos a todo momento :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  19. Amei o texto!!!! Olha, aqui dentro de mim também está tudo numa calmaria... por incrível que pareça eu amo essa sensação. De não transbordar... as vezes sentimentos demais trazem dor demais ;-)

    Bjinhos,
    ❥ AmigaDelicada.com.br ❥ Facebook ❥ Twitter

    ResponderExcluir
  20. "Tentei escrever algo, não deu."
    Deu sim, externou sentimentos. Acho que isso é que mais importa <3

    Blog.
    Facebook.

    ResponderExcluir
  21. Ai que Cami que texto lindo ♥
    Estou sem computador e numa falta de escrita que eu odeio,ainda tenho as postagens programadas dessa semana mas nada de novo sabe?!
    Enfim,acredito que a pior fase de um escritor é essa de ter os pensamentos quietos e tudo no lugar kkkk
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
  22. Mila, adoro tanto mergulhar nas suas reflexões. Que coração lindo! Olha, já passei por fases assim e, de fato, dependendo da 'calmaria', quando ela leva junto nossos pontos mais fervorosos, quando apaga objetivos, sonhos, buscas... nos deixa agonizando. Acho que o fato não é a calmaria em si, não é a paz interior, não é sequer o que causava as nossas agonias passadas e ficou para trás: é o não ter mais esperas. Esperas por um objetivo mais pessoal, por um relacionamento, pelo que for. Não vale a pena é ficar em algo que não cause esperas. Não criar expectativas é também frustante, triste, doloroso. Precisamos não deixar de fazer, não deixar de ter olhos abertos, mas estar buscando o que nos deixa prosseguindo em buscas é sempre algo saudável, seja no fim pela lágrima que vira porta, ou pela porta que vira passagem.

    SEMQUASES.COM

    ResponderExcluir
  23. Amei seu texto mesmo você tendo achado que não conseguiu escrever. Suas palavras são demais! <3

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  24. Amei seu texto mesmo você tendo achado que não conseguiu escrever. Suas palavras são demais! <3

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  25. Amei o texto! Minha professora de redação também falava o mesmo sobre o "acho", me lembrei dela ao ler seu post.
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
  26. Que texto arrebatador hein amiga.
    Que sintonia a nossa, ambas escrevendo sobre esses tombos que levamos da bad e que são fodas de levantar.
    Lindo.
    Obrigada por isso.
    Mil beijos!

    ResponderExcluir
  27. Tentou escrever e não deu, imagina se tivesse tentado??? Quando tudo faltar, continue a fazer uso da sinceridade: ela sempre cativa o leitor.
    Beijos!
    http://vivendolaforanoseua.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  28. Aaai tô apaixonada por esse texto, mulher <3 Tu fica cada vez melhor nas escritas, cada vez nos cativa mais. Sem palavras.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  29. que lindo texto *-*
    fez-me pensar tanto ! realmente sou daquelas pessoas que tem o "acho" quase como acessório diário e eu nem dava conta disso ..
    visitei o seu blog pela primeira vez e já amei. Fiquei a seguir !
    Um grande beijo, Trovoada dos Sonhos

    ResponderExcluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥