16 novembro 2015

NOSSA HISTÓRIA ERRADA


Errar é o verbo que mais tenho perfeição em conjugar, porque toda vez que tenho mais que duas opções nas mãos inevitavelmente sempre escolho a errada. Não consigo assimilar ou processar o que me faz bem para aquilo que me destrói.
Tenho medo da felicidade, medo de virar a página e encontrar "foram felizes para sempre”. Se a pessoa que escreveu isso ainda estivesse viva certamente se mataria por ter arruinado anos de vida alheias com essa maldita frase.

Meu cérebro não consegue processar que depois de umas dez páginas de sofrimento, angustias, encontros e desencontros tudo o que se tem há dizer são quatro palavrinhas. Meu enredo não se encaixa nessas histórias que se contam até hoje, afinal nunca soube ser a princesa, e você nunca terá a paciência para ser o príncipe encantado.
Você é o dono de todos os meus conjuntos aglomerados de erros, porque quando se trata de você não tem como ser racional, não tem como fazer a escolha certa, porque te escolher já foi a escolha errada.

Juro que tenho tentado acertar nem que seja uma única vez em toda essa minha vida, mesmo que para fazer a escolha certa eu necessariamente tenha que te excluir da minha história.
Acontece que não sei me contar para mais ninguém, você é aquele que me conheceu de dentro para fora, ás vezes penso que seja esse o problema você me leu tantas vezes que já não te causo mais aquela ansiedade misturada com curiosidade para chegar no final da história. A verdade é que fico bem na sua estante e sempre acabo massageando uma vez mais o seu já inflado ego quando resolve me reler por hobby.

Tenho percorrido longos caminhos que sempre me levam de volta a você. É como se estivesse fadada a errar toda vez para ter a certeza de que meu único e memorável acerto foi ter deixado você ser o meu não príncipe encantado. Porque prefiro ter inúmeras página com os dizeres “novamente ela errou [...]” do que acreditar que fui feita para colorir um simples “foram felizes para sempre”.
E não se iluda achando que isso é falta de amor próprio ou coisa do tipo, a verdade que isso é claramente excesso de amor por mim, por você, por nós e o principal pela nossa história.

16 comentários:

  1. toca aqui porque eu encontrei, finalmente, alguém que pensa da mesma forma que eu. eu simplesmente não aceito o lance de "foi bom enquanto durou". não, talvez nem tudo foi tão bom assim; talvez, por traz de tudo isso a gente teve que abrir de muitas coisas, se doar demais pra história ter chegado até aquele ponto...

    adorei teu texto. super me identifiquei! <3

    bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Toco rs.
      Pois não curto muito essa história também.
      Que bom que gostou.
      Beijo

      Excluir
  2. Cami, meu Deus, que texto lindo. Você escreve tão bem, cara. Desculpa pelo meu comentário pequeno :c Beijo!
    Radioativa | Geovana Silva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ha para, se você escreve uma sílaba eu já ficaria feliz.
      Beijo

      Excluir
  3. "E não se iluda achando que isso é falta de amor próprio ou coisa do tipo, a verdade que isso é claramente excesso de amor por mim, por você, por nós e o principal pela nossa história." Ah Cami, você me destrói :(

    ResponderExcluir
  4. Belo texto Camila.
    É bom reconhecer o que realmente somos enquanto seres humanos: passíveis ao erro.

    Abraço.
    filhadejose.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Amei o texto, Cami. Me vi em tantas dessas linhas que é difícil contar. Obrigada por encher nossos corações com essas palavras que sempre nos servem tão bem e mexem com nossos sentimentos s2
    Mil beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há Beca você sempre tão linda.
      Obriga você.
      Beijo❤

      Excluir
  6. Oh, Camila! Que texto lindo, me vi inteira ali ❤
    Beijos, Borboletas de papel

    ResponderExcluir
  7. Belas palavras!

    Abraço,
    literarizei.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. "(...) nunca soube ser a princesa, e você nunca terá a paciência para ser o príncipe encantado." meu deus, como você consegue melhorar a cada texto? só sei sentir
    http://www.tragediaagridoce.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ha sua linda, fico muito feliz ao ler isso.
      Beijo

      Excluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥