quinta-feira, 17 de setembro de 2015

O AMOR É UMA GRANDE ESTAÇÃO


Fazer coisas rotineiras como cozinhar, tomar banho, ir até a padaria, estudar e até mesmo trabalhar tem se tornado um verdadeiro ritual de resistência para não associar nem uma dessas coisas a você. Confesso que não tenho obtido o êxito que gostaria, justamente porque você está tão cravado no que fui e no que sou que compreendo que os seus fantasmas não irão embora não antes de levarem qualquer traço de esperança que ainda tenha restado em mim.
Quem me vê sabe que há algo de errado, mas eu disfarço comento que é o cansaço que tem me abatido, porém logo penso no porque da minha súbita melancolia e meus tão tristonhos olhos já entregam que não superei o nosso trágico fim. Você sabe como sou, sempre fui daquelas que acredita na força do amor, em pensamentos positivos, e brancas nuvens de algodão e em todas aquelas baboseiras de livro autoajuda, mas nada, nada mesmo consegue estancar essa ferida que carrego no peito.

Esses dias te vi no metrô, estava com aquele casaco verde musgo que ganhou do seu avô, sempre te achei tão lindo dentro dele, estava com os cabelos bagunçados daquele jeito que você diz que é o teu arrumado, barba feita. Você mexia no celular como o de costume, com os olhos atentos em quem está a quilômetros de distância e tão distraído com quem sempre está ao seu lado te oferecendo bem mais que uma conversa fria.
Fiquei parada atrás da pilastra que me separava de um oi, fiquei mais uns dez minutos ali quietinha aquecendo a saudade de não saber de você há quase três meses. Finalmente meus pés, pernas, cabeça e todo o resto do meu corpo criou coragem para ir até você, te olharia com um semblante de surpresa, falaríamos um pouco de amenidades, e então o trem chegou e você se foi.

Talvez o amor seja uma grande estação em horário de pico onde todos estão se espremendo para conseguir entrar, infelizmente nem todos conseguem logo de primeira, e às vezes acontece exatamente como nós que após ter entrado o sufoco, aperto e o ligeiro incomodo faz um dos dois descer na próxima estação antes de chegar ao destino.
Apesar disso continuo na mesma estação sempre encontro novos passageiros com novos destinos, alguns com o mesmo que eu.
Um dia talvez por causa desses pensamentos positivos e mantras que vivo repetindo algum deles pare assim do meu lado e me convide para entrar de novo no trem e rezemos para chegar ao final.

16 comentários :

  1. "Quem me vê sabe que há algo de errado, mas eu disfarço comento que é o cansaço que tem me abatido", teu texto me deixou no chão moça, logo num dia que não estou lá essas coisas. Eu sempre fui esse tipo de pessoa, que acredita com todas as forças do mundo nas coisas boas, há quem me diga que é porque não conheço o que há lá fora, mas estão bem enganados. E sim, seu texto está maravilhoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou assim como você Kelly, sou dessas que acredita, que põe fé mesmo quando tudo diz que não. Mesmo quando a cabeça grita dizendo que não, eu insisto e por diversas vezes quebrei a cara e o coração, até achei que é que estava errada, mas aprendi que se a gente não conseguir acreditar em nada aí é que as coisas não acontecem.
      E fico feliz que você também ainda insista em acreditar. ♥

      Excluir
  2. Que final esperançoso.
    Acredito que é isso que nos empurra pra frente, pra vida.
    "Um dia talvez por causa desses pensamentos positivos e mantras que vivo repetindo algum deles pare assim do meu lado e me convide para entrar de novo no trem e rezemos para chegar ao final."

    Beijão. Mais um dos textos de fazer suspirar. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um dia vou ter um ataque com seus comentários.
      Bjos Magda sua linda. ♥

      Excluir
  3. Uma grande estação de trem. Onde a gente fica esperando nosso vagão chegar. Às vezes demora tanto, que a gente acha até que já passou. E continua "escondida atrás da pilastra". Às vezes é só o horário errado né? Vamos acreditar que sim.

    Beijo Camis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois á ás vezes é só esperar um pouquinho mais.
      beijos Re. ♥

      Excluir
  4. Caramba! (Quase disse um palavrão, mas me controlei) Que metáfora final foi essa, Camila? Você quer acabar com nossos sentimentos? Logo agora que tá chovendo tanto, garota. É, eu tenho uma queda (um precipício, na verdade) por metáforas. Esse texto ficou incrível e acho que um dos meus favoritos do seu blog. O amor é mesmo essa estação, um vai e vem e uma correria. A gente nunca sabe quando vamos precisar saltar antes da hora ou alguém que queremos que fique tem que ir. Mas de vez em quando, aparece uma exceção que tem o mesmo destino que o nosso. De vez em quando, a gente vai até o fim.

    Com muito carinho, Beca; Café de Beira de Estrada ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E o que foi esse comentário, foi pra destruir foi, confessa vai.
      Difícil é encontrar alguém que entre com você e ainda saiba apreciar a paisagem né.
      Amo quando você vem aqui e destrói tudo com esses comentários.
      Bjos sua linda. ♥

      Excluir
  5. Me apaixonei pelo texto e mais ainda pelo final. A gente espera porque algo maravilhoso vem por aí ♥
    Beijos
    tresazero.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Um trem novo é muito bem-vindo.
    Adorei o texto, muito lindo <3
    http://andreiavalle.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. ""Quem me vê sabe que há algo de errado, mas eu disfarço comento que é o cansaço que tem me abatido" exatamente o que passo agora, embora ainda não haja final como na sua história, mas relacionamentos tem disso, autos baixos, e por fim mais nada. confesso ter ficado angustiada com o desenrolar da história ja que ando levando tudo com a barriga, foi como ver um futuro proximo que estou prestes a enfrentar. espero que não seja um texto real. kkkk.
    xero

    Desconstruindo blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também espero que para você o desenrolar da história seja diferente do texto.
      Que bom que gostou do texto.
      Beijos ♥

      Excluir
  8. O amor é como uma grande estação,e no fim,todo mundo acaba se cruzando no lugar certo,mas nem sempre acontece como nós queremos,ainda assim,tudo ocorre da melhor maneira para nosso bem.
    Adorei seu texto,tem um tom melancólico e,ao mesmo tempo,tão esperançoso,nem sei qual parte me encantou mais,talvez tenha sido o texto todo rsrs
    Arrasou Cami :D
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há que saudades de te ler por aqui também sabia?!
      Realmente o amor é uma grande estação, uma chega o trem certo e ao seu lado terá alguém que aproveitara a paisagem e a companhia.
      Beijos moça. ♥

      Excluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥