04 agosto 2015

SOMOS CAOS

É eu sei, ando sumida dos seus guardanapos rabiscados com minhas frases carregadas de sentimentos, sei que anda sentindo falta de me ler nos inúmeros textos que escrevo com intenção de fugir de nós. Sei que anda perguntando por aí se meu tempo está corrido, se minha rotina mudou, se meu trabalho está me consumindo, o que diabos aconteceu comigo por ter parado de ser essa que você cansou de ler.
Te falei tantas vezes para olhar com mais cuidado para nós, para entender as entrelinhas, para me ler com calma, com leveza. Te pedi tanto para decifrar minhas tão fáceis reticencias, mas você com sua fome desenfreada de me saber por inteiro não teve cuidado com os milhares de aviso que deixei pelo caminho da sua rua. Tentou me invadir, quis entrar sem bater, quis jogar suas tralhas em qualquer canto do meu sofrido espaço, quis me exibir em suas tardes de domingo.

Desculpas, não sei ser refúgio para quem tem medo de amar, essa sua impaciência por descobrir o que tem por trás dos meus sorrisos nos separa. 
O problema é que somos dois extremos que por um descuido escaparam das mãos do destino se chocando e criando o caos, é isso. Não existimos para habitar o mesmo universo, quando nos unimos sufocamos um ao outro, retiramos de nós o necessário para sobreviver, mais infelizmente temos sede por viver. Sou árvore firme fincada entre raízes e você, há você é pássaro solto voando em busca de níveis mais alto. Percebe? Podemos nos unir em tempos e tempos, posso te oferecer abrigo quando o inverno chegar, mas assim que que a primavera encher meu primeiro galho com suas flores e aromas teus pulmões ainda que frágeis desejará voar alto em lugares que te deixará sem oxigênio, você gosta de estar quase morto pra se sentir vivo, confesso que por diversas vezes é isso que me faz te deixar entrar tantas e tantas vezes.

É que te olhando partindo para alturas aquele dia, entendi que preciso te deixar livre, não posso exigir aquilo que você nunca conseguirá dar. Acredite não é fácil colocar um ponto final onde já colocamos tantos outros, mas é que uma hora a gente cansa de criar e recriar novas histórias para impedir que o outro parta. Por isso estou fechando cuidadosamente minhas portas e janelas, ainda ficarei trancada por um tempo, estou em falta com minhas dores tão enclausuradas, deixarei elas passearem livremente pela casa, não precisa se preocupar ficarei bem dessa vez. 

E aos poucos deixaremos de ser desejo, deixaremos que o tempo varra a poeira que ficou escondida de baixo dos tapetes, e deliberadamente nos permitiremos sorrir por outros motivos, vamos deixar de ser refúgio quando o tempo lá fora ficar feio.
E assim calmamente deixarei meus textos me pertencerem novamente, até lá estou evitando te rescrever em linhas retas. 
um abraço apertado, exatamente aquele em que nos jogamos um no outro naquela esquina fria, esse será o único que vez o outra me fará perder o sono de madrugada por toda a minha vida.


26 comentários:

  1. Emocionante! Poxa :'( fiquei chateada rs, mas é assim mesmo, não adianta dar corda pro que não tem futuro. beijocas!
    Caroline Guccione

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois ás vezes o melhor e deixar ir de vez, sem deixar janelas abertas.
      Beijos Carol

      Excluir
  2. Que texto mais lindo, profundo! Me identifiquei com várias partes dele. Acho que sentimento é assim né? tem coisas que a gente sente igual ao outro, mesmo quando a situação que passamos é diferente.
    Nunca me identifiquei tanto com algo, mas ao mesmo tempo é tão diferente do que estou vivendo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei exatamente do que você esta falando Camila, ás vezes me identifico com textos que embora não descrevam exatamente o momento que estou vivendo conseguem ter traços de quem sou o do que estou sentindo.
      Beijos

      Excluir
  3. "Gosta de estar quase morto para se sentir vivo" linda frasr!
    Amei o texto, eu seria o pássaro nesse caso, procurando outro pra voar comigo. 

    ResponderExcluir
  4. Mila que lindo *-* estou encantada com esse texto, mas uma vez você me fazendo viajar sem sair do lugar não é mesmo, parabéns flor, amei de verdade!!

    Floreios ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lu me faz um bem danado saber que gostou.
      Beijos

      Excluir
  5. Que lindo Cami, sério... me identifiquei demais, estou passando por um momento assim. Amei <3
    Beijos.

    www.letrasnagaveta.com

    ResponderExcluir
  6. Que texto mais lindo ♥ Não tenho muito o que comentar né, já falei inúmeras vezes que mandas muito bem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas sempre fico boba quando te vejo por aqui Kelly. ♥

      Excluir
  7. Oieeee
    Tudo bem?
    Que texto maravilhoso. Sentimental e profundo *0*
    Beijinhos Screepeer
    screepeer.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Ágatha, que bom que gostou. Beijos

      Excluir
  8. Camila, que texto mais lindo! Não falei ainda o quanto admiro esse seu dom né? Que talento! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gabrielle sua linda, quero dizer que recíproca é totalmente verdadeira.
      Muito bom te ver por aqui. ♥

      Excluir
  9. Amei o texto,tão sentimental e ao mesmo tempo meio triste,mas é assim que tem que ser,provocar reflexões e ao mesmo tempo uma lágrima aqui e acolá rsrs.
    Ás vezes a gente se perde atrás de algo que não dará certo,mas uma hora cansa e aí não tem como voltar atrás,seguir em frente é o único caminho :)
    Ficou incrível :D
    Beijos ^.^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O importante é não se perder né. Quem deve estar ao nosso lado acrescenta e subtrai.
      Beijos

      Excluir
  10. Ei, Camila! Quanta emoção em suas palavras. Concordo com muita coisa do que você disse e confesso que o assunto me deixou em um estado bem reflexivo. Não podemos viver com outras pessoas por necessidade, mas sim por amor, desde que ele seja puro e verdadeiro. Beijos, Light As The Breeze

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Natália amor próprio é tudo.
      Bom te ver por aqui.
      Beijos

      Excluir
  11. Que texto lindo, sentimental e me faz parar um pouco para refletir algumas coisas da vida.
    Beijos

    http://beingasunshine.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É bom né quando algo mexe não só com os olhos, mas também com o coração.
      Fico feliz que tenha gostado Giulia.

      Excluir
  12. Profundamente profundo! Nossa! Inspirada, amiga?
    Parabéns pelo texto e pelo blog month!
    Graças a Deus que como diria Renato Russo, "hoje a noite não tem luar..."
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada querido, ás vezes aparece alguma coisa nessa cabecinha rs.
      Beijos

      Excluir
  13. me vi em alguns paragrafos!!! qu texto maravilhoso...
    Dellycatas

    ResponderExcluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥