01 julho 2015

[642 COISAS] QUANDO VOCÊ CHEGAR...


Tenho uma coleção de desejos guardados dentro do peito e tantos outros escritos a caneta azul Bic em cadernetas-papéis-guardanapos que com o passar do tempo se tornaram esquecidos, distantes ou então já não são mais desejos. 
Nessa minha não tão longa vida permito-me mudar de ideia assim como de desejo. Tudo muda, evoluí e ficar presa há algo só porque desejei no passado seria um erro. E apesar disso tem um em especial que está não só dentro do peito, a verdade é que faz parte de quem sou e de quem serei.
Tenho preparado a vida, a casa e o coração para te receber. Sei que não sei o dia certo em que chegará, mas será o dia mais feliz de toda minha existência, meu coração estará completo assim como nossa família.
Quem olha para nós enxerga uma família completa "dois filhos, um cachorro e um grande amor", pra que mais? Mas a gente sabe que você não é um número para ser calculada como soma, você é aquele pedacinho sobrando no colchão do nosso quarto, aquele espaço em branco que sempre sobra nas fotografias em família, é a mãozinha mexendo nas minhas maquiagens que meu olhos aguardam ansiosos para ver, falta o som da sua risada nas nossas bagunças.
Venho de casa cheia, risos, brigas, caras feias, cumplicidade, e muito amor. E é por ter aprendido da forma mais linda que sempre tem espaço para mais um é que digo que na nossa casa cabe você e todo amor que trará junto, são bem vindo antes mesmo de chegar.
Engraçado que já consigo imaginar o teu sorriso. Ás vezes te imagino correndo pelo quintal com os meninos, chorando porque eles não querem brincar com você, consigo te ver sorrindo feliz da vida brincando com suas coisinhas, pedindo colo porque caiu e ralou o joelho, me abraçando porque quer carinho.Consigo até sentir o gosto dessa felicidade com sabor a mais.
E enquanto você não chega quero te dizer que somos felizes, que a casa é sempre uma bagunça (já vai se acostumando com isso), que o papai é o mais mole de nós dois, e também é o que tem mais pique, mas estou trabalhando nesse quesito, que os reizinhos são faladores e amáveis de um jeito que não sei explicar, acredito que você também será assim. Que nossa cachorra Lulih é a mais bagunceira de toda casa e gosta de lamber os pés, sugiro que esteja sempre de sapatos com ela. E eu, continuo aqui cuidando da família, da sua família.
Vem logo princesinha. ♥


*P.S: Não estou grávida.

8 comentários:

  1. Que post lindo, Camila! Me identifiquei muito, porque apesar de não ter a miníma pretensão de ter filhos logo eu sempre fico imaginando e só disso já fico muito feliz. A gente sempre fica sonhando mesmo quando tá longe de acontecer, né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Tatiana que se identificou :)
      Apesar de ter dois meninos, ainda sonho com nossa menininha.
      Beijos linda

      Excluir
  2. Que texto maravilhoso ! Adorei! Eu já tenho uma filha. E pensava mais ou menos assim quando estava grávida. Esse seu texto até me lembrou a época! Amei...

    http://doisjeitos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns Day pela sua menininha. A gravidez é uma época linda mesmo. Beijos

      Excluir
  3. Juro que achei que você tava grávida!Espero que você consiga virar mamãe logo!
    Bjs
    https://m.facebook.com/Reflexoesdaminhamentedoida?ref=bookmark

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, então já sou mãe de dois meninos, mas queremos muito uma menina. Esse texto é pra ela, que pode ser gerada da minha barriga, ou então do coração. Não importa a forma e nem quando, sabemos que ela vai chegar.
      Beijos linda

      Excluir
  4. Que lindo!!! Você escreve muito bem!!
    ps: amei o ps!

    ResponderExcluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥