15 julho 2015

15 VEZES QUE VOCÊ FOI O HOMEM DA MINHA VIDA


Hoje acordei um pouco antes de você, e dessa vez não fiquei me retorcendo na cama até que o sono voltasse e você fosse o primeiro a levantar. Parece estranho, mas sinto segurança dessa forma. Fiquei ali quietinha te olhando, seus olhos pequenos fechados fazem apenas dois riscos no seu rosto, gosto de te ver dormindo, respirando tranquilo e demorado, me trás uma sensação de paz infinita. Pensei em quantos dias você já foi a primeira coisa que meus olhos viram ao acordar e quantos ainda desejo em nossa caminhada. Enquanto você dormia minhas mãos cautelosamente brincavam com sua barba, e você meio que deixou escapar aquele sorriso de canto que eu tanto amo.
Ano passado nesse mesmo dia você foi acordado com flechas indicando o caminho e uma porção de perguntas que você não fazia a menor ideia das respostas, e quando chegou na cozinha um café da manhã te esperava para dizer que aquele dia assim como hoje é seu. Sei que muitas pessoas não sabem que 15 de julho é dia do homem, você é um deles, nunca foi bom em datas, mas gosto de fazer pequenas coisas para te dizer o quanto você é especial na minha vida e o quanto merece toda forma de amor que eu possa te dar. Por isso resolvi listar 15 vezes que você foi o homem da minha vida.

1. Quando se aproximou.

Quem te conhece sabe que você não é do tipo que toma a iniciativa. Muito menos se está em terras desconhecidas. Mas quando nos encontramos pela primeira vez, de alguma forma louca você perdeu o medo e a timidez e veio falar comigo, além de ter ficado meia hora do lado de fora esperando que  eu passasse.

2. Quando decidiu me respeitar.

É engraçado quando lembro que quase todo mundo te conhecia, menos os mais importantes, minha família. Eu te levava até a casa do vizinho, mas na minha casa nem em frente ao portão passávamos. Naquela época não queria um relacionamento que durasse menos que uma estação, por isso tinha medo de te apresentar para meus pais, tudo bem era medo da minha mãe. Mas você esperou, respeitou o meu medo, não criou brigas desnecessárias, não fez cena e nem drama, apenas respeitou o meu medo, obrigada.

3. Quando foi meu socorro.

Talvez esse seja o ponto que eu mais te agradeça por ter sido homem e não um moleque. No dia que meu pai morreu perdi o chão, e a única pessoa que queria por perto era você. E naquele dia você poderia apenas ter me consolado por telefone, dizer que sentia muito e que nos veríamos no dia seguinte, mas você estava lá mesmo sabendo que te escondia da minha família, mesmo sabendo que já era tarde, mesmo sabendo que não teria transporte para voltar para sua casa. Me abraçou, foi ombro e colo para eu chorar. Naquele dia você foi homem não só por ter passado por cima do seu orgulho, mas por ter me colado com prioridade mesmo sem eu ter feito o mesmo.

4. Quando me aguentou.

No começo do nosso namoro eu era muito insegura, os relacionamentos passados havia me deixado fechada para novos começos, tinha ciumes das suas exs, brigava muito e por tudo. Naqueles dias você teve a chance de terminar com aquela garota complicada demais, mas você fez o contrario, lutou por ela, mesmo quando ela mesmo não queria fazer isso, mesmo quando ela te mandou ir embora, você ficou. E ali em meio as brigas novamente foi homem.

5. Quando me comprou um cd.

Parece bobo, mas aquele dia no shopping foi importante para mim. Não consigo me lembrar o porque estava brava naquele dia, mas você ignorou meus chiliques e me comprou um cd, e me deu junto com um sorriso.

6. Quando cansou de me levar para casa todos os dias.

Depois de ter meu coração ferido jamais passou pela minha cabeça que seria feliz de novo com outra pessoa, casar então era algo fora do meu alcance, mas em uma tarde quente você decidiu que não queria mais me desejar boa noite e sim bom dia pelo resto de nossas vidas. Naquela tarde meus olhos te viram não apenas como homem, mas como o homem da minha vida.

7. Quando te vi nervoso pela primeira vez.

Isso é algo que raramente acontece, mas acontece. Era natal e mais uma vez estava brigando com você (sabe se lá porque), e naquele dia você pela primeira vez gritou comigo e disse que estava cansado. Te olhei chorei porque achava que havia perdido o homem da minha vida por ser mimada, mas você me abraçou e me amou mesmo quando não quis.

8. Quando te vi nervoso pela segunda vez.

Dessa vez foi diferente o seu nervosismo, 17 de novembro de 2007, tarde quente, era primavera, muitos convidados, violinos, padrinhos e dois corações agitados. Quando te vi parado ali no altar com os olhos marejados se segurando para não chorar, meu coração sabia que havia feito a escolha certa. Naquele dia você deixou de ser um homem e se tornou o homem.

9. Quando chegaram os problemas.

Vida a dois é maravilhosa, mas quando se esta namorando e acontece desentendimentos cada um vai para sua casa esfriar a cabeça. No nosso primeiro ano de casado ainda estávamos nos ajustando, vivemos em um mundo que uma das frases mais usadas é "se não der certo a gente se separa", mas com você essa frase não existe. E por isso superamos o primeiro ano juntos.

10. Quando descobriu que seriamos três.

Tínhamos muitos planos até planejar ter filhos, mas no meio do caminho tinha um filho rs. Lembro como se fosse hoje a sua reação quando descobriu que seríamos pais, que você seria pai. Ficou como um bobo andando de um lado para outro dizendo tudo que precisávamos fazer.

11. Quando virou pai.

Nunca na nossa vida pensamos que visitaríamos tanto um hospital como na minha primeira gravidez, os médicos eram quase nossa segunda família, pais de primeira viagem é fogo. E na madrugada do dia 04 de maio meu coração novamente constatou que você era homem e não moleque, ficou ali comigo todo o tempo, me apoiando, acalmando, dando suporte, e até fazendo força junto. E quando finalmente o rei Arthur chegou e você segurou ele em seus braços você se tornou mais que um homem, você virou pai.

12. Quando virou super pai.

Se já era um ótimo pai com o Artur quando chegou o Heitor pra completar o combo aí você virou o super pai. E daqueles de verdade, que trocava fraldas, que passava madrugadas acordado para que eu pudesse dormir um pouco, daquele que segurava o vomito dos filhos com as próprias mãos, daqueles que sei que meus filhos não poderia ter pai melhor.

13. Quando me incentivou.

Na verdade você sempre faz isso, ás vezes penso que é até umas das suas habilidades me fazer acreditar no meu potencial. Obrigada por me apoiar a lutar pelos meus objetivos.

14. Quando fez a menina virar mulher.

Como eu disse no começo do nosso relacionamento eu era muita mimada, e você teve uma paciência sobrenatural comigo. Me ensinou o que era ser amada de verdade, me ensinou a me olhar com mais amor, a enxergar o quanto sou linda mesmo com minhas inúmeras imperfeições. Seu amor me desabrochou, fez do botão uma linda flor, da menina uma mulher. 

15. Quando te vi acordar hoje.

Você é o melhor que existe em mim já escrevi e te disse isso tantas vezes, mas é porque quero que nunca se esqueça disso. Você não me completa, você me transborda. E hoje quando acordei e fiquei te observando meu coração conseguiu numerar muito mais que 15 razões pra dizer o porque você é o homem da minha vida e sempre será. Obrigada por ser a minha primeira visão todos os dias. Te amo mais que todos os textos escritos e pensados poderia dizer moço, feliz seu dia. ♥

2 comentários:

  1. MEUDEUSDOCEU! Me derreti inteeeira.
    Cara, que histórias lindas as de vocês, parece um livro daqueles que a gente tem que ler mais de uma vez porque a história é bonita demais para ser esquecida.
    Que Deus abençoe MUITO a família linda que vocês têm. São inspiração para muitos, e eu me incluo nisso! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agora eu que me derreti Nathalia ♥
      Obrigada linda.

      Excluir

Germine aqui um pouco de amor. ♥