22 março 2017

NOVA COLABORADORA


Olá,tudo bem com vocês? Meu nome é Jennyfer, mas pode me chamar de Jenny, sou a nova colaboradora aqui do TCP e estou completamente radiante com isso, então vou me apresentar um pouquinho e contar quais são as minhas propostas aqui no blog da Cami ok?!
Bem, para começar eu tenho 19 anos, sou escritora de gaveta, leitora voraz de romances, contos policiais, suspense e terror. Comecei a escrever com 12 anos e de lá pra cá não parei mais.
Criei meu blog Little Wonders em dezembro de 2014 e foi por causa dele que conheci o Te Conto Poesia e desde então  me apaixonei por esse cantinho.
Bem, a Cami me deu total liberdade para postar o que achasse melhor para vocês, então tudo vai depender da minha inspiração no dia rs.
Eu escrevo textos, faço tutoriais de design para blogs, dou dicas de escrita, leitura, faço resenhas, receitas, então se vocês quiserem saber algo de alguma dessas áreas é só pedir viu.
Acho que é isso,vou deixar um pequeno texto meu para conhecerem um pouquinho da minha escrita, espero que gostem das minhas postagens,beijos ^.^

MEU MOÇO



Abriu caminhos na vereda do meu coração, foi sem dó nem piedade tirando os espinhos,deixando sangrar pra cicatrizar sozinho,me fez forte.

Espantou os monstros que habitavam e criou um forte seguro, trouxe a âncora pro meu barco em alto mar,me deixou balançando suavemente mesmo em mar revolto,talvez esse tenha sido o ponto.
É moço, quando você chegou com o peito aberto e um monte de promessas eu desacreditei, convenci a mim mesma que era melhor esquecer,que eu não deveria deixar você se aproximar,então me fechei,mas você ficou mesmo assim, teve paciência para arrancar os bloquinhos de incerteza, e fez o que ninguém mais teve coragem.
Você me mostrou o mundo, não aquele ao qual eu estava habituada, sem cor e sem vida,me mostrou a parte bonita,a parte sensível, que também dói às vezes,mas que sabe bem como curar, e daí o que era tempestade virou céu sem nuvem,e você nem precisou ficar muito,mas quis ficar.
Lembro bem que quando a chuva caiu eu pensei "a hora é essa,ele vai partir", só que você não foi,e segurou o guarda chuva firme com as duas mãos, o que te motivou a não ir embora eu não sei, mas você me ajudou a secar cada gota de chuva, e eu quis mais de você.
Quando chegou o pôr do sol achei que você ia preferir outra mão pra segurar, outro peito pra se alojar, mas você não quis, fez morada e guardou direitinho o que parecia te pertencer, entrou fundo nesse mar e não se afogou, e moço, não sei qual foi seu truque, mas funcionou, e ainda tá fazendo efeito.
É moço,você veio cair de paraquedas bem no meio do meu congestionamento, e não trouxe nem caixa de primeiros socorros, eu disse que você podia se machucar, mas quem disse que você ligou?! Saiu correndo por entre os sentimentos sem freio e não olhou pra trás, plantou sementes em terras que todo mundo considerava inférteis, arou sol após sol escaldante e não desistiu, e por sua causa meu moço, eu floresci.

20 março 2017

TAG | 5 COISAS QUE SINTO FALTA

Oi, pessoas. 
Esses dias a Jenny do blog Little Wonders postou essa tag e achei tão amorzinho que resolvi fazer, afinal se tem algo que amo é responder tag. 
Essa é bem simples basta citar 5 coisas que sinto falta.


1. MINHA MÃE

Impossível dessa não ser minha primeira resposta, apesar da minha mãe morar a uns 15 minutos de distância de carro da minha casa a gente quase não se encontra. O problema é essa vida de adulto que temos. Sempre vamos deixando pra outro dia, sei que isso é errado, e juro que estou tentando visita-la mais vezes. 
A foto mais recente só nós duas é essa e ela tem uns 3 anos.
Mãe te amo ♥.


2. INFÂNCIA

Sabe aquela frase a gente era feliz e não sabia, no meu caso ela não funciona porque sempre tive consciência do quanto fui feliz na minha infância e justamente por isso sinto tanta falta dessa epoca.
Posso dizer que aproveitei muito, para terem uma ideia brinquei de boneca até meus 14 anos e isso na rua sem vergonha nenhuma.


3. AMIZADES

Como disse vida de adulto é difícil, ás vezes nossas vidas se cruza com pessoas maravilhosas, mas lá na frente os caminhos trilham para lados opostos, atualmente tenho pessoas muito queridas espalhadas pelo Brasil a fora.
O bom é saber que os verdadeiros nem a distância destrói.


4. ROTAROOTS

Quem é das antigas provavelmente irá lembrar desse nome. Era um grupo criado por blogueiros e para blogueiros.
Era uma delícia blogar nessa época, conheci muitas pessoas queridas através do Rotarrots.


5. FOTOGRAFIA DE PAPEL

Quando se trata de fotos hoje em dia ninguém mais precisa de uma câmera para registrar um momento importante ou até mesmo para bater aquela selfie cheia de estilo, mas o triste é que as fotos reveladas se tornaram coisa rara.
Era tão gostoso sentar no sofá e ficar olhando as fotografias. Por isso sempre que lembro pego um desses pacotes da internet e revelo várias.

Agora deixa aí nos comentátios quais são as 5 coisas que setem falta.

17 março 2017

UM PONTO FINAL COM CHEIRO DE PRIMAVERA


Já era por volta das sete da noite. Nos olhamos e deixamos os braços falarem por nós, de repente bem ali no meio do afago nos demos um ponto final, sem palavras para estragar tudo o que um dia fomos. Quem olhava-nos de longe poderia jurar que fosse apenas uma pausa, vírgula de segurança, mas abraçados entre bagagens nos demos um ponto final, sem reticencias, apenas ponto.

Protegidos dentro do afeto no aeroporto meu coração se aqueceu de seu calor pela última vez, abasteceu-se de tudo aquilo que fomos e sem muito controle transbordou o que poderíamos ser. Os abraços se soltaram e te deixei partir do mesmo jeito que um dia te deixei entrar. Sem alardes, sem dramas, só os braços se perdendo na imensidão do adeus.
Talvez o universo esperasse um pouco mais de nós, talvez ele esperasse que no último segundo você olhasse para trás e eu gritasse fica, mas como era o combinado você continuou sua caminhada sem voltas, arrependimento e olhares para aquilo que ficou. Eu me segurei, quase deixei escapar vou sentir saudades, coração covarde.

No caminho para casa ouvi alguém comentar que era primavera automaticamente lembrei do teu cheiro, passei na floricultura comprei margaridas. Coloquei-as perto da janela, e pensei que as estações sempre se repetem, preparei um café e ao som de Arcitc Monkeys sorri porque um dia também fomos primavera.

15 março 2017

RESENHA: GEEK GIRL 3 | LINDO DE VIVER

Sinopse: Meu nome é Harriet Manners e eu sempre serei uma geek!Harriet achou que sua vida ficaria bem mais calma quando parou de trabalhar para a designer Yuka Ito. E, por um lado, ela estava certa. Desde suas aventuras no Japão, Harriet não recebe um único trabalho de modelo, e o pessoal da agência não tem lembrado que ela existe.Porém, como Harriet já deveria saber, sua vida nunca é calma! E aventura é o que não vai faltar quando a família inteira da garota se mudar para Nova York. Lá, Harriet vai morar no coração do mundo e mal pode esperar para viver como em um filme e parar de se preocupar com o fato de sua melhor amiga e de seu namorado parecerem ocupados demais para se importar com ela.Mas, assim que Harriet e a família chegam aos Estados Unidos, as coisas começam a ir de mal a pior. O imóvel que os pais de Harriet alugaram não é um apartamento minúsculo no centro da cidade, como nos filmes, mas sim uma casa que fica a uma hora de Manhattan. Ninguém no bairro tem interesse em fazer listas de amizade ou falar com ela. E a governanta que foi contratada para ensinar Harriet faz a garota sentir-se mais incompetente a cada aula. Quando seu agente Wilbur liga e a chama para fazer um trabalho, ela não resiste à tentação de se entregar ao mundo da moda de novo, mesmo que vá contra a vontade de seus pais.E agora? Será que a geek favorita de todos vai conseguir sobreviver do outro lado do Atlântico?
Autor: Holly Smale                  Edição: 2016 
Editora: Fundamento              Páginas: 280
Gênero: Infantojuvenil             Nota: 5/5 


*Livro cedido em parceria com a editora
Resenha: Geek Girl |Geek Girl Desastre Fashion

Embora tenho lido os dois primeiros livros da série Geek Girl seguidos por algum motivo demorei muito para ler o terceiro. Mas na segunda-feira dessa semana resolvi limpar a estante e de repente lembrei que ainda não tinha dado continuidade as trapalhadas da incrível Harriet.
Nesse livro poderia dizer que a nossa pequena Geek está mais madura e segura de si, mas não. Isso não acontece, pelo menos não no começo da história.

O que mais gosto da nossa protagonista é o fato dela saber coisas totalmente aleatórias sobre diversos temas, porque dessa forma também acabamos conhecendo. Por exemplo, agosto (mês do meu aniversário ♥) tem esse nome por causa do Imperador Augustus que considerava esse mês o mais lindo. Ao longo das páginas temos várias curiosidades lançadas, algumas já conhecia, mas a maioria descobri por causa da Harriet.
O ano letivo estava prestes a começar e tudo estava seguindo as listas da garota, seu namoro com Nick estava perfeito, ela quase podia andar nas nuvens. Nat e Toby continuam do mesmo jeito, e claro que a chata da Alexa não poderia estar de fora. 

O pai de Harriet consegue um emprego o que é ótimo, mas o detalhe que isso seria em Nova York, após um pouco de relutância a garota percebe o quanto isso é importante para a família e mesmo não querendo concorda. Ela acaba se animando afinal Nova York é a cidade da moda e apesar de estar afastada das passarelas seria maravilhoso ver todos os cenários maravilhosos.
Acontece que para desespero eles vão morar em um lugar totalmente afastado de tudo, e a professora particular da Harriet é um monstro, ela colocava a garota para baixo em todos os momentos a fazendo se sentir burra, mesmo ela sendo a melhor aluna que você respeita.
Além disso ninguém queria fazer amizade com ela, sua única companhia era Annabel e Thabita sua irmã de dois meses.

Tudo piora no seu aniversário, seus pais simplesmente esquecem, Nat está longe e parece já ter arrumado uma nova amiga, Nick por descuido vai parar em outro lugar, tudo da errado. Esse foi o começo dos dias mais horríveis da garota.
Quase no meio do livro temos o chatinho do Wilbur de volta, admito que estava sentindo um pouco de falta. Ele entrou para dar uma animada na história que estava meio parada. Depois disso temos muita confusão, fugas inesperadas, castigo pela primeira vez, gente sendo desmascarada, beijo roubado, mas tudo isso em um ritmo super gostoso.

Os capítulos são curtinhos, isso deixa a história mais leve e fluida. A edição segue a linha dos anteriores, não encontrei erros de edição.
O que mais gostei desse livro foi o finalzinho. Acabei a história e lembrei de como foi gostosa minha adolescência.
Ele nos mostra que quando somos novos exageramos em coisas pequenas, o quanto criticamos nossa família por coisas tolas, mas no fundo sabemos que se tem alguém que nos ama de verdade são eles.
Se tivesse que resumir o livro em uma única palavra seria: lar .


Quem aí já leu, o que achou? Me conta.


13 março 2017

LANÇAMENTOS GALERA RECORD | MARÇO

Acredito que ainda não tinha contado aqui no nosso cantinho, mas quem me acompanha pelas redes sociais já sabe que agora somos parceiro da Galera Record, nem preciso dizer o quanto estou felizinha com essa notícia né.
E pra começarmos vamos falar dos lançamentos para este mês, e já adianto que quero todos.


ANATOMIA DE UM EXCLÚIDO

De fora, Anika Dragomir é a terceira garota mais popular da escola. No íntimo, ela sabe que é uma freak: um misto de pensamentos obscuros, planos vingativos e, se os boatos estiverem corretos, DNA de vampiro (afinal, seu pai é da Romênia). Mas ela mantém tudo isso bem escondido por trás do gloss labial e longos cabelos ondulados. Afinal, um passo fora da linha e a nazista ultrapopular Becky Vilhauer fará de sua vida um inferno na Terra.E, para piorar mais as coisas, de uns tempos para cá, Anika anda obcecada com o loser mais recluso de todos: Logan McDonough.Desde que ele apareceu na escola de lambreta, vestindo um casaco de couro e emanando um ar de mistério, ela não consegue pensar em outra coisa. Mas seria insano desperdiçar sua popularidade por um pária como ele, ainda mais quando Anika cai nas graças de Jared Kline, o crush desejado de todas as garotas da cidade.Dividida entre dois pretendentes e cansada de fingir ser uma garota malvada para agradar Becky, Anika, pela primeira vez, está prestes a tomar coragem para se defender e colocar Becky em seu devido lugar.



CADU E MARI

Uma história cheia de romance, humor, música e as paisagens arrebatadoras do Rio de Janeiro como cenário. Da autora da série After Dark.
Mariana trabalha em uma badalada revista de moda. Tem um bom salário, é muito competente... E tem uma queda pelo chefe, daquelas bem poderosas. Eles vivem em mundos completamente diferentes, e Mariana sabe que nunca acontecerá nada entre os dois. Até que Carlos Eduardo repara que sua secretária é muito, muito bonita. O amor entre os dois é arrebatador, e “Cadu e Mari” sentem que nasceram um para o outro. Mas as coisas logo começam a desandar. Talvez Cadu ainda não esteja preparado para confiar em uma pessoa que teve uma vida tão diferente da sua; talvez Mari ainda não se sinta segura em dividir sua realidade com o chefe. Para viver esse amor, os dois precisarão enfrentar preconceitos e vencer intrigas. Será que estão prontos?


CAÇADORES DE SOMBRAS

Os Caçadores de Sombras estão de volta numa novíssima aventura. Todas as histórias são verdadeiras. E, dessa vez, Simon Lewis está pronto para contar a dele.
Numa história contada em 10 contos que revisitam o passado dos Caçadores e aponta para uma nova direção, Cassandra Clare, Sarah Rees Brennan, Maureen Johnson e Robin Wasserman presenteiam os fãs da série com uma jornada de tirar o fôlego, cheia dos personagens que todos já amam.
Simon não se lembra do seu passado, das aventuras que viveu ao lado dos amigos... Nem sequer sabe quem é, de fato. Então, quando a Academia de Caçadores de Sombras reabre, o rapaz mergulha nesse novo mundo, determinado a se reencontrar. Mesmo sem ter certeza de que quer voltar a ser aquele velho Simon de antes.
Mas o local é muito hostil e Simon acaba enxergando muitos problemas em sua nova escola. Como o fato de os alunos mundanos serem obrigados a viver no porão, ou sofrerem com as piadas e os preconceitos dos Nephilim. 
Numa jornada para se redescobrir, para voltar a se reconhecer entre os antigos amigos, como Clary Fairchild e sua amada Isabelle Lightwood (mesmo que ele não se lembre desse amor), Simon vai descobrir que pode ser mais do que antes. Que seu destino como Caçador de Sombras vai muito além de sua missão de voltar a ser quem era.


ESQUEÇA O AMANHÃ

Em uma sociedade onde jovens recebem uma visão de seu futuro quando completam 17 anos, todos têm uma carreira a qual dedicar seus esforços. Um campeão de natação, um renomado cientista, um chef de sucesso... ou, no caso de Callie, uma assassina. Em sua visão, a garota se vê matando a própria irmã. Antes que ela possa entender o que aconteceu, Callie é presa – e a única pessoa capaz de ajudá-la é Logan, uma paixonite de infância com quem não fala há cinco anos. Agora, Callie precisa descobrir uma forma de proteger sua irmã da pior das ameaças: ela mesma.







THE WALKING DEAD

O sétimo volume da série que é sucesso na TV, nos livros e nas HQs. Lilly Caul e seu bando acreditaram que a paz estava mais próxima. Uma velha ferrovia que ligava Woodbury e Atlanta permitiu um projeto de reconstrução que acarretaria uma nova era de trocas, progresso e democracia. Isso até a cidade ser mais uma vez atacada e todas as crianças raptadas. Quem seria capaz submeter inocentes a tal violência gratuita, e por quê? As respostas para tais perguntas vão revelar que os mortos-vivos não são o maior problema do mundo pós-apocalipse. O maior dos desafios sempre repousa em seus adversários humanos...







VICTORIA E O PATIFE

Um romance histórico com a marca de Meg Cabot. Criada pelos tios na Índia, Victoria é enviada a Londres aos 16 anos a fim de conseguir um marido. Mas é na longa viagem até a Inglaterra que a jovem encontra o amor, na figura de Hugo Rothschild, o nono Conde de Malfrey. Tudo estaria ótimo se não fosse a insuportável interferência do capitão do navio, Jacob Carstairs. Por que ele não pode confiar na escolha de Victoria? Por que ele não a deixa em paz? Estaria Hugo escondendo algo?






E desses quais vocês escolhem?